Seguir o O MINHO

Braga

Câmara de Braga quer “projetar” Banco Português de Germoplasma Vegetal

em

A Câmara Municipal de Braga quer “projetar” a “imagem” do Banco Português de Germoplasma Vegetal, situado no concelho há 40 anos, pelo que pretende identificar “oportunidades de colaboração” daquela instituição com outras entidades bracarenses.

À margem de uma visita ao Banco Português de Germoplasma Vegetal, que possui uma “preciosa” coleção de recursos genéticos vegetais com “grande importância estratégica” para a segurança alimentar a nível nacional e global, o presidente da autarquia bracarense, Ricardo Rio, garantiu a disponibilidade do município para “contribuir” para o desenvolvimento do trabalho realizado pela instituição.

“É uma infraestrutura muito valiosa não só para Braga, mas para o país e para o mundo. Estaremos sempre disponíveis para realizar diligências que contribuam para o desenvolvimento do trabalho que é aqui realizado e para projetar ainda mais a imagem do Banco”, afirmou Ricardo Rio.

Entre as diligências que a autarquia pode fazer para divulgar o Banco Português de Germoplasma Vegetal, estão, referiu, “a possibilidade de incluir o Banco no roteiro das visitas de embaixadores de Braga” e “promover o contacto com outras instituições sediadas no território”, incluindo o Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL).

“Ao longo do tempo, as instituições podem habituar-se a coexistir sem que exista verdadeiramente uma colaboração. O que o município de Braga tem procurado fazer é inverter essa lógica e identificar oportunidades de colaboração e ajudar a potenciar projetos”, apontou o autarca.

Notícia atualizada às 16h31.

logo Facebook Fique a par das Notícias de Braga. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Populares