Seguir o O MINHO

Braga

Câmara de Braga limpa lixeira após denúncia

Ambiente

em

Foto: DR

A Câmara de Braga limpou uma lixeira, na freguesia de Palmeira, após denúncia de um ativista ambiental à ASAE e à Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT).


A denúncia de Carlos Dobreira, feita a 20 de março, apontava que na Rua Monte da Devesa, em Palmeira, havia uma “megalixeira” com “pneus, sofás, embalagens de óleo, lonas, entulho, roupas, latas, colchões, tijolos, óleos, televisões, peças de automóveis, muitos plásticos, almofadas, beatas de cigarro, bens alimentares, telhas, cimento e equipamentos elétricos”.

“Cheira a putrefacção, avistam-se roedores e a paisagem é deprimente”, ilustrava Carlos Dobreira, falando de desrespeito pela “população da freguesia de Palmeira, dado ser um foco de insalubridade e representar um risco para a saúde pública”.

Entretanto, a IGAMAOT reconheceu que a competência de intervenção no local é da Câmara de Braga, para a qual reencaminhou a denúncia – que também já tinha sido feita ao município pelo próprio Carlos Dobreira – e solicitou que desse resposta ao ambientalista bracarense.

“Foi dado conhecimento do presente expediente ao denunciante, solicitando-se que lhe seja providenciada a resposta”, refere e-mail do IGAMAOT do dia 8 de abril.

Agora, a Câmara respondeu ao ativista, através do chefe de divisão Octávio Oliveira, informando que a lixeira foi limpa e comprovando-o com fotografias do antes e depois da operação.

Anúncio

Braga

Hospital Lusíadas Braga mudou de cor em homenagem aos doentes e profissionais de saúde

Saúde

em

Foto: Divulgação / Lusíadas

A Lusíadas Saúde iluminou o futuro Hospital Lusíadas Braga e alterou o layout das suas redes sociais e site para cor de laranja, de forma a assinalar o Dia Mundial da Segurança do Doente, comemorado na quinta-feira em todo o mundo sob a chancela da Organização Mundial da Saúde (OMS), anunciou aquele grupo de saúde.

Num nota publicada no seu site, a administração refere que os profissionais de saúde da Lusíadas receberam máscaras alusivas à data, com a mensagem ‘Profissionais Seguros, Doentes Seguros’.

Isabel Pereira Lopes, Chief Quality Officer da Lusíadas Saúde, afirma que “num ano tão duro e desafiante para os profissionais de saúde, a celebração do Dia Mundial da Segurança dos Doente dedicado à segurança dos profissionais de saúde é o reconhecimento do trabalho e dedicação de todos nós”.

“No Grupo Lusíadas Saúde, temos sido pioneiros na adoção de estratégias que contribuem para a garantir a qualidade e segurança de todos os nossos profissionais de saúde, de forma a também conseguirmos honrar o compromisso de excelência que assumimos perante os nossos doentes. Mobilizamos permanentemente todos os nossos colaboradores a divulgarem uma mensagem que é global, aplaudindo a prioridade assumida pela Organização Mundial da Saúde nesta área”, acrescenta.

Comemorado pela primeira vez em 2019, a Organização Mundial de Saúde estabeleceu como objetivos para a celebração do Dia Mundial da Segurança do Doente o aumento da consciencialização e o envolvimento do público, a melhoria da compreensão global e o estímulo da solidariedade e ação globais para a promoção da segurança do doente.​

Continuar a ler

Braga

Covid-19: Amares com 20 casos ativos e Terras de Bouro com 13

Dados locais

em

Foto: DR

O concelho de Amares registava 20 casos ativos da infeção por covid-19 até às 18:00 horas de quarta-feira, mais onze do que no último balanço feito por O MINHO, a 20 de agosto.

Já o concelho de Terras de Bouro, que comporta as freguesias de Rio Caldo, Vilar da Veiga e a vila do Gerês, regista atualmente 13 casos ativos com o novo coronavírus.

Amares regista um acumulado de 106 casos desde o início da pandemia enquanto que Terras de Bouro regista 31, segundo o relatório divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) na passada segunda-feira.

Portugal regista hoje mais 10 mortos e 770 novos casos de infeção por covid-19, em relação a quarta-feira, segundo o boletim epidemiológico diário da DGS.

É o maior número de mortes diário desde 9 de julho.

De acordo com o boletim, desde o início da pandemia até hoje registam-se 66.396 casos de infeção confirmados e 1.888 mortes.

Há ainda 44.794 recuperados, mais 266 do que ontem.

Continuar a ler

Braga

Covid-19: Concelho de Braga com 211 casos ativos e 433 em isolamento

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

O concelho de Braga registou oito novas infeções pelo novo coronavírus desde a passada terça-feira.

Estes dados, apurados por O MINHO junto de fonte local da saúde, foram atualizados às 18:00 desta quinta-feira.

Durante o mesmo período, não houveram casos de recuperações do SARS CoV-2, totalizando o concelho 1.393 casos recuperados desde o início da pandemia.

Em termos acumulados, são já 1.678 casos de pessoas infetadas com a doença.

Lamentam-se ainda 74 óbitos, número que permanece igual desde o passado dia 16 de junho.

Existem, atualmente, 211 casos ativos de covid-19 em todo o concelho de Braga.

Há ainda 433 pessoas em isolamento sob vigilância da autoridade de saúde, mais 79 do que há dois dias.

Continuar a ler

Populares