Seguir o O MINHO

País

Caçador detido por andar em área ardida em Mirandela

Crime

em

Foto: Vítor Vasconcelos / O MINHO (Arquivo)

Um caçador foi detido, no domingo, na zona de Mirandela, por andar numa área ardida no início de agosto junto a esta cidade do distrito de Bragança, informou hoje a GNR.

A Guarda esclarece que é proibido caçar em áreas percorridas por incêndios e terrenos com elas confinados, numa faixa de 250 metros, enquanto durar o incêndio e nos 30 dias seguintes.

Por se encontrar a caçar numa área proibida, o homem de 65 anos “foi de imediato detido, tendo-lhe sido apreendia a arma de fogo, vários cartuchos, equipamento para prática caça e vários documentos”, de acordo com a GNR, que acrescenta que o caçador foi entretanto libertado e constituído arguido pela prática do crime contra a preservação da fauna e das espécies cinegéticas e os factos remetidos para tribunal.

Segundo ainda a fonte, caçador foi detetado pelo Núcleo de Proteção Ambiental de Mirandela da GNR junto à localidade dos Eixes, onde ocorreu um incêndio florestal a 06 de agosto.

Populares