Seguir o O MINHO

Região

Broa de milho entre os 50 melhores pães do mundo, diz a CNN

“Um arquipélago de fragmentos de crosta de farinha”

em

Foto: DR

A broa de milho, confeção milenar com origens no Minho e na Galiza, foi esta quarta-feira destacada pelo grupo de média norte-americano CNN como um dos 50 melhores pães do mundo.


No Dia Mundial do Pão, a CNN Travel aproveitou para elaborar uma lista com os 50 melhores pães do mundo, e colocou a broa minhota ao lado de pães como as tortilhas mexicanas ou a baguete francesa.

A lista foi elaborada por Jen Rose Smith, que escolheu pães que passam por um sabor que prevalece na memória e que transmitam uma sensação de “casa” a quem os come, numa “notável amplitude das tradições alimentares mundiais”

Já o historiador de pão William Rubel salienta que o “pão é basicamente o que sua cultura diz que é”. Sobre a broa portuguesa, os norte-americanos apontam “o milho e o trigo sarraceno [que] são moídos em pedra, peneirados e amassados numa calha de madeira”. Só assim se obtém “a versão mais tradicional deste saudável pão de camponeses do Norte de Portugal”, refere a CNN.

Destacam ainda a formação de um “arquipélago de fragmentos de crosta de farinha” que se expande em “fendas profundas”, algo que só é obtido “por ser cozida em forno de lenha”.

O destaque da broa de milho é dado à região minhota e à Galiza por possuírem solos mais favoráveis a milho, ao invés do centeio.

A CNN Travel é um portal do grupo CNN que aborda a temática do turismo internacional, com dicas, guias, histórias e exibições multimédia.

Anúncio

Ave

Incêndio numa serração em Fafe causa danos materiais

Incêndio industrial

em

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Um incêndio deflagrou nesta madrugada numa serração em Fafe, na Rua dos Aliados, causando danos materiais, disse a O MINHO fonte do CDOS de. Braga.

No local estiveram 13 operacionais dos Bombeiros Voluntários de Fafe apoiados por quatro viaturas, assim como elementos da Proteção Civil Municipal e a GNR.

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Pelas 02:09, o incêndio encontra-se em fase de rescaldo.

(em atualização)

Continuar a ler

Alto Minho

Bombeiros evitam que chamas atinjam casa durante incêndio em Ponte de Lima

Incêndio florestal

em

Foto cedida a O MINHO

O grande incêndio que lavra na freguesia de Anais nesta terça-feira, dirigia-se a uma habitação, cerca das 23:40, mas a rápida intervenção dos bombeiros no terreno evitou o pior.

As chamas chegaram a aproximar-se de uma habitação situada na zona de Costeira, na rua do Covão, mas apenas ardeu zona de floresta depois de os bombeiros conseguirem dominar o fogo que seguia na direção de zona habitacional, junto ao Bom Jesus de Anais, não chegando a casa a estar em perigo.

As chamas deste incêndio que atravessou as freguesias de Fornelos (onde teve início) e Queijada, estão ainda longe de serem dominadas, face aos fortes ventos que se fazem sentir naquela zona montanhosa que divide os concelhos de Ponte de Lima e Vila Verde, já no distrito de Braga.

Fonte do CDOS de Viana indicou a O MINHO que estão, de momento, 83 operacionais apoiados por 26 viaturas vindas de corporações dos dois distritos minhotos no combate às chamas.

Incêndio em Ponte de Lima vai com várias frentes para Vila Verde mas sem ameaçar casas

Adiantou ainda que o incêndio permanece ativo e não está a ameaçar habitações.

Continuar a ler

Região

Incêndio em Ponte de Lima vai com várias frentes para Vila Verde mas sem ameaçar casas

Incêndios

em

Foto: Armando Carriça / O MINHO

O incêndio que deflagrou ao início da noite desta terça-feira em Fornelos, concelho de Ponte de Lima, está, pelas 02:39 horas, com as frentes de incêndio sectorizadas, disse a O MINHO fonte do CDOS de Viana do Castelo. Encontra-se, no entanto, ainda ativo e sem estar dominado.

Segundo Carlos Lima, comandante dos Bombeiros de Ponte de Lima, o incêndio está difícil de dominar devido ao vento que se faz sentir no alto daquelas freguesias de montanha, tendo passado de Fornelos para Anais, já na fronteira com o concelho de Vila Verde.

Foto: Ângelo Reis

Foto: Armando Carriça / O MINHO

Foto: Armando Carriça / O MINHO

Foto: David Raúl / O MINHO

Foto: David Raúl / O MINHO

“Ainda não sabemos se já passou para o concelho vizinho mas está ainda descontrolado, embora não esteja a ameaçar habitações”, acrescentou Carlos Lima.

No teatro de operações estão, pelas 02:39, 94 bombeiros de várias corporações do distrito de Viana do Castelo, entre as quais Ponte de Lima, Viana do Castelo e Paredes de Coura, mas também do distrito de Braga como a corporação de Vizela.

(em atualização)

Continuar a ler

Populares