“Branquinho” fica em prisão preventiva depois de ter tentado pegar fogo aos pais em Braga

O juiz de instrução criminal no Tribunal de Famalicão decretou prisão preventiva para Cristiano Ferreira, conhecido por “Branquinho”, e que é o principal suspeito de ter tentado matar os pais, em Este São Mamade em Braga, regando a cama em que dormiam com álcool e ateando-lhe fogo, como noticiou o O MINHO.

Depois de dez dias fugido, Branquinho foi detido na sexta-feira pela Polícia Judiciária (PJ) de Braga na casa dos pais.

Na altura do caso, a mãe sofreu queimaduras graves nos pés, mas o pai escapou ileso e conseguiu dominar a situação.

O filho já tem antecedentes criminais, tendo sido condenado a pena de prisão pela participação, em finais de 2004, num roubo em Póvoa de Lanhoso, que culminou na morte de um homem.

Após cumprir parte da pena de prisão, saiu em liberdade condicional em finais de maio.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Estrada de ligação ao Sameiro cortada ao trânsito devido a incêndio

Próximo Artigo

Caminho Português para Santiago é 2.º no 'ranking'

Artigos Relacionados
x