Seguir o O MINHO

Desporto

Braga Warriors está a recrutar novos jogadores de futebol americano

em

Já há 10 anos a recrutar jogadores que muitas vezes não conheciam o futebol americano, o Braga Warriors começa na próxima semana mais um período para captar novos atletas. Os treinos serão sempre às terças e quintas-feiras pelas 21:30 no Campo da Caseta, em Nogueira. Qualquer um pode tentar, e o trabalho da equipa técnica será convencer aos que não conhecem a modalidade profundamente.

– É um dos trabalhos mais difíceis que nós temos. Conseguimos convencer por ser um desporto diferente, que as pessoas vêem em filmes e séries. Visualmente é apelativo, tem os equipamentos. É um desporto amador, físico, não podemos negar, e existe alguma dificuldade de compromisso, as pessoas trabalham, a coordenação não é fácil. Mas temos conseguido nesses 10 anos renovar a equipa, e somos uma equipa que conseguimos manter um crescimento constante, de renovação de núcleo de atletas, e isso tem refletido nos resultados, apesar de não termos conquistado um título, estamos sempre nos playoffs, o oitavo ano consecutivo, estivemos em duas finais, e queremos continuar”, disse Tiago Ranhada, quarterback da equipa, a O MINHO.

“Agora, passados 10 anos da criação da equipa, alguns atletas foram saindo, cederam os equipamentos, já temos alguma infraestrutura, e quem chega, não precisa fazer o investimento financeiro. O que falamos é que tenham curiosidade, venham convivam com o núcleo, só é preciso ter vontade”.

Foto: DR

Foto: DR

Foto: DR

Foto: DR

Foto: DR

Foto: DR

Foto: DR

Foto: DR

Tiago Ranhada assinala ainda a “democracia” do futebol americano e que “cada posição pede uns atributos físicos muito específicos. Podemos trabalhar com as caracteríticas físicas de cada jogador para beneficiar a equipa”.

Para o recrutamento, o Braga Warriors sugere pelo menos três treinos. O primeiro para dar a conhecer o que é o futebol americano através de alguns exercícios, e no segundo já com equipamentos e contato. No terceiro começa a integração com os outros membros e a rotina de treinos.

“Dizemos às pessoas que venham a mais de um treino, é um desporto muito complexo, e não é num treino que vão saber se gostam. Seria impossível saber o que é o futebol americano em um só treino”, disse.

Para além do recrutamento, o Braga Warriors buscam outras atividades para dar a conhecer o desporto. As redes sociais são ferramentas sempre utilizadas, mas também há eventos pela cidade, associações com a Universidade do Minho e contribuições em campanhas como no último Outubro Rosa.

Este ano a equipa vai abrir inscrições também para pessoas de 15 e 16 anos, que não podem ainda competir, mas que podem fazer parte de uma equipa de desenvolvimento.

Anúncio

Futebol

Três jovens do FC Famalicão e um do Vitória entre as ‘pérolas’ da I Liga

Dois defesas, um médio e um avançado

em

Nehuén Pérez. Foto: Divulgação / Arquivo

A Liga Portuguesa de Futebol divulgou hoje o onze mais jovem do campeonato, decorridas que estão 13 jornadas.

O FC Famalicão, com três nomes, é o segundo clube com mais jogadores na lista, atrás do Belenenses SAD. O Vitória SC, a par de CD Tondela, Marítimo e Benfica, também tem um jogador entre os wonderkids.

Numa formação escalada em 4-3-3, a lista é então composta por: Hervé Koffi (23 anos, Belenenses SAD); Diogo Calila (21 anos, Belenenses SAD), Nehuén Pérez (19 anos, FC Famalicão), Tomás Ribeiro (20 anos, Belenenses SAD) e Álex Centelles (20 anos, FC Famalicão); Gustavo Assunção (19 anos, FC Famalicão), Pedro Pelágio (19 anos, Marítimo) e Florentino Luís (20 anos, Benfica); Richard (20 anos, Tondela), Edwards (21 anos, Vitória SC) e Kikas (21 anos, Belenenses SAD).

Imagem: LPFP

No critério utilizado, “os onze mais jovens selecionados têm que já ter atuado um mínimo de cinco partidas como titulares, sendo a idade mais baixa o fator de desempate, em caso de igualdade”.

FC Famalicão

No centro, Nehuén Pérez é totalista na atual edição da Liga NOS. Titular em todas as 13 partidas, o argentino, emprestado pelo Atlético de Madrid, foi chamado aos trabalhos da seleção da Argentina, já se estreou a marcar, na vitória por 2-3 diante do CD Aves, somando ainda 62 recuperações de bola e 11 cortes completos.

Na ala esquerda, Álex Centelles está em Famalicão por empréstimo de outro clube espanhol: o Valência. Lateral com valências ofensivas, já por duas vezes assistiu um companheiro de equipa para golo e que soma 21 ataques e 35 recuperações de bola, nos nove jogos que completou.

Também emprestado pelo Atlético de Madrid, outro jogador em grande destaque no terceiro classificado da I Liga é brasileiro e filho do ex-FC Porto Paulo Assunção. Titular em 12 das 13 jornada, Gustavo Assunção tem sido nuclear na formação de João Pedro Sousa, com 67 recuperações de bola e 18 cortes completos.

Vitória SC

Na asa esquerda do ataque surge Marcus Edwards. O inglês resgatado pelo Vitória SC ao Tottenham, no princípio da temporada, marcou o primeiro golo ao serviço dos vimaranenses na última jornada, tendo já efetuado, também, duas assistências para golo, nos sete jogos que cumpriu, dos quais seis como titular.

Continuar a ler

Desporto

Rússia excluída de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

Doping

em

Foto: Ilustrativa / Arquivo

A Rússia foi hoje excluída dos Jogos Olímpicos durante quatro anos, devido a questões de doping levadas a cabo com o apoio estatal tornadas públicas há cerca de seis anos, anunciou a Agência Mundial Antidopagem (AMA).

De acordo com um porta-voz da AMA, “a decisão foi tomada por unanimidade”, determina a exclusão da Rússia dos Jogos Olímpicos de Verão Tóquio2020, de Inverno Pequim2022 e de todos os campeonatos do Mundo, e prevê a possibilidade de os atletas competirem sob bandeira neutra.

A decisão, tomada pelo comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos, é passível de recurso para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS).

Continuar a ler

Futebol

FC Porto empata com Belenenses SAD e fica mais longe do líder Benfica

13.ª jornada da Liga portuguesa de futebol

em

Imagem via VSports

O FC Porto empatou hoje 1-1 na visita ao Belenenses SAD, em jogo da 13.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, aumentando para quatro pontos o atraso para o líder Benfica.

O médio André Santos inaugurou o marcador aos 14 minutos para os anfitriões, mas o defesa brasileiro Alex Telles igualou aos 32, de grande penalidade, minimizando os danos para os ‘dragões’, que empataram dois dos últimos três jogos disputados fora de casa na prova.

O FC Porto manteve-se no segundo lugar, agora com 32 pontos, mas ficou mais longe do Benfica, campeão nacional e líder isolado do campeonato, com 36, enquanto o Belenenses permaneceu na 12.ª posição, com 15.

Ficha de Jogo

Jogo realizado no Estádio Nacional, em Oeiras.

Belenenses SAD – FC Porto, 1-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, André Santos, 14 minutos.

1-1, Alex Telles, 32 (grande penalidade).

Equipas:

– Belenenses SAD: Koffi, Tiago Esgaio, Nuno Coelho, Tomás Ribeiro, Chima Akas, Show, André Sousa, André Santos (Hakim, 74), Silvestre Varela, Licá (Marco Matias, 87) e Cassierra (Kikas, 69).

(Suplentes: André Moreira, Hakim, Sphephelo Sithole, Benny, Marco Matias, Robinho e Kikas).

Treinador: Pedro Ribeiro.

– FC Porto: Marchesín, Manafá (Nakajima, 63), Pepe, Marcano, Alex Telles, Danilo Pereira, Loum (Sérgio Oliveira, 64), Otávio, Corona, Marega (Soares, 82) e Zé Luís.

(Suplentes: Diogo Costa, Mbemba, Sérgio Oliveira, Uribe, Nakajima, Luís Díaz e Soares).

Treinador: Sérgio Conceição.

Árbitro: João Pinheiro (AF Braga).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Silvestre Varela (53), Koffi (64), Chima Akas (65), Tomás Ribeiro (71), Nuno Coelho (90+2), Soares (90+4), Tiago Esgaio (90+4), Pepe (90+5) e André Sousa (90+5).

Assistência: cerca de 6.000 espetadores.

Continuar a ler

Populares