Seguir o O MINHO

Braga

Braga solidária com bailarino que precisa de dinheiro para ir a final em Nova Iorque

João Pedro Freitas, de 13 anos, não quer voltar a perder uma final, como aconteceu no ano passado

em

Foto: Divulgação / Desporto&Saúde - Município de Braga

O bailarino bracarense João Pedro Freitas quer ir à final do Youth America Grande Prix, em Nova Iorque. Com a bandeira portuguesa desfraldada e uma expectativa enorme.

Mas a viagem e a estadia são muito caras e por isso, a família organizou uma gala solidária de angariação de fundos, no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, em Braga.

Foram quase duas centenas os “Amigos do João” que não quiseram deixar de estar presentes na gala onde “se celebrou o bailado e a dança” onde o próprio João Pedro apresentou “com um repertório diverso e todo ele já premiado em grandes concursos internacionais”, como explicou a O MINHO, Diana Sá Carneiro, da escola Ent’Artes.

João Pedro tem, apenas, 13 anos, quer ser bailarino profissional clássico e todo o seu dia-a-dia é dedicado a esta arte com uma série de aulas em diferentes áreas.

Em Paris foi seleccionado para competir na grande final nos Estados Unidos na categoria de júnior. É a terceira vez consecutiva que consegue a proeza mas só participou da primeira vez, onde foi o único europeu a ser medalhado, em pré competitivo.

No ano passado, “por questões financeiras”, não participou e este ano, “a família e a escola de dança Ent’Artes estão a fazer tudo para que isso seja possível”, revelou, ainda, Diana Sá Carneiro.

A viagem e a estadia têm um custo a rondar os três mil euros.

A prova realiza-se entre 12 e 20 de Abril e João Pedro vai apresentar-se como solista. “Só para dar uma ideia, nos dois últimos concursos onde participou na Áustria e na Figueira da Foz trouxe sempre medalhas de primeiro lugar”.

Populares