Seguir o O MINHO

Braga

‘Braga em Risco’ coloca cidade no mapa da ilustração nacional

em

Foto: Divulgação

O Município de Braga promoveu esta quarta-feira, 8 de novembro, a apresentação de mais uma edição do Projeto ‘Braga em Risco – Encontro de Ilustração’. Até 25 de novembro, a cidade deixa-se invadir pela arte da ilustração nas suas inúmeras linguagens e formas.

Segundo Lídia Dias, vereadora da Cultura da Câmara Municipal, o ‘Braga em Risco’ reúne o melhor da ilustração nacional e apresenta-se com um programa rico e diversificado que pretende cativar diferentes públicos. “O ‘Braga em Risco’ é também um momento para professores e os alunos serem desafiados, através das Oficinas e conversas, a aprenderem mais”, referiu na apresentação do evento.

Este ano, o Edifício do Castelo transforma-se num palácio de artes e criatividade, que se estende até à Casa dos Crivos e ao Museu da Imagem, onde haverá exposições individuais e coletivas, como o Braga 22×22, apresentação de livros infantis, visitas guiadas, sessões de animação, performances, oficinas de ilustração, workshops e um mercado riscado com a venda e a divulgação de trabalhos originais dos ilustradores participantes.

A vertente pedagógica é uma das grandes apostas do projeto com a realização da exposição ‘Outonalidades’, que reúne as ilustrações de mil alunos das escolas do 1.º ciclo do Concelho.

Para Pedro Seromenho, ilustrador e curador do ‘Braga em Risco’, esta edição marca a afirmação do evento que pretende “colocar Braga no mapa da ilustração nacional”. “Queremos que os Bracarenses venham, que espreitem e fiquem, que desfrutem e não esqueçam tão cedo. Assim como queremos ser visitados por outros cidadãos, outras línguas e outras culturas, nesta Cidade de porta aberta que sabe tão bem receber! O ‘Braga em Risco’ está aqui para ficar e crescer cada vez mais”, afirmou.

Populares