Seguir o O MINHO

Braga

Braga recebe 2.º Forum Nacional sobre “stalking”

É o quarto crime mais recorrente em Portugal

em

Foto: DR

O crime de stalking foi, em 2018, o quarto a registar mais vítimas em Portugal. O stalking, ou assédio persistente, está criminalmente inscrito no Código Penal desde 2015.

A constatação é da Associação Portuguesa de Apoio à Vitima (APAV) que, a propósito do Forum Nacional sobre o tema que decorre em Braga a 10 de março, lembra “os atuais alarmantes índices de violência (seja ela de género, doméstica, no namoro, bullying… e também stalking)”.

O Forum, que debate o tema “Stalking e a violência nas relações de intimidade”, é organizado pelo Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário Rota Solidária (NRDC-RS), apadrinhado pelo clube Rotary Braga Norte, decorrendo na Aula Magna da Universidade Católica de Braga.

Os dados estatísticos – diz a organização – “mostram-nos a pertinência de juntar profissionais de várias áreas que lidam com vitimas e agressores – e refletir sobre a forma como vivemos as nossas relações de intimidade (que podem ou não levar-nos a ser mais vulneráveis e/ou violentos com os outros.)”.

O 2º Forum Nacional – acrescentam os promotores – “coloca o foco na Prevenção e quer pensar nas causas e consequências destas expressões de violência cada vez com mais impacto na sociedade e em cada um de nós”.

O Núcleo Rotary havia já organizado um primeiro Forum, sobre o mesmo tema, o qual esgotou a aula magna da Universidade Católica com mais de 400 pessoas.

Principais tópicos e oradores

O tema será exposto num formato totalmente aberto ao publico, onde o diálogo sobre a problemática do stalking passará pela sua definição, por saber como atuar na situação, refletir como se relaciona com a forma como vivemos as nossas relações de intimidade e compreender qual o impacto destes fenómenos de violência na nossa sociedade”

Os oradores serão: Antonio Manuel Ribeiro, autor do 1º livro autobiográfico sobre stalking, em Portugal, fundador e vocalista dos UHF; Carlos Alves – Inspector-chefe da PJ de Braga; Prof. Doutor Júlio Machado Vaz, Psiquiatra e escritor; Prof.ª Doutora Maria Veiga Branco, investigadora de Inteligência e Competência Emocional: Prof. Doutora Marlene Matos, coordenadora do Grupo de investigação sobre stalking em Portugal; Dra Marta Mendes, da APAV | Gestora do GAV de Braga; Paulo Duarte, padre jesuíta e escritor; Teresa Raquel Pinho, Psicóloga clínica, Moderadora do fórum e Tito de Morais, fundador do Projecto MiudosSegurosNa.Net.

Populares