Seguir o O MINHO

Braga

Braga quer pavimentar rotunda desnivelada, mas empresas não concorrem

Obras públicas

em

Foto: Redes sociais

Nem para cima, nem para baixo. É desta forma que alguns camiões, autocarros e outros veículos pesados ficam, na rotunda junto à Casa de Ínfias, em Braga, conhecida por Rotunda Sá de Miranda, sempre que há dias de chuva.

Esta terça-feira, um camião TIR voltou a ficar retido quando subia a rotunda, no sentido Infias-Sá de Miranda, provocando grandes constrangimentos não só ao condutor mas a todas as viaturas que foram ficando nas filas.

Se já é complicado contornar esta rotunda devido ao desnível acentuado, o facto de a estrada ser em paralelo dificulta ainda mais a condução a autocarros e camiões, sobretudo quando chove e o piso fica escorregadio.

Em outubro, no mesmo dia, um autocarro dos TUB e um camião proveniente da Polónia ficaram durante bastante tempo ‘retidos’ na rotunda por causa do mesmo problema, um de manhã e outro durante a tarde.

Camiões e autocarros com dificuldades para ‘subir’ rotunda desnivelada em Braga

Contactado por O MINHO a propósito deste assunto, Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga, adianta que a rotunda vai ser “parcialmente pavimentada precisamente para obstar a essa questão”.

No entanto, e embora a Câmara já tenha lançado três procedimentos concursais, nunca nenhuma empresa da área resolveu concorrer à obra, com os concursos a ficarem “sempre desertos”, salientou o autarca.

Ricardo Rio justifica o pouco interesse das empreiteiras nesta obra por considerarem que esta é uma intervenção “de pequena dimensão e não as atrai”.

Como resolução do problema, o edil admite que a Câmara esteja a pensar “juntar a pavimentação de algumas das ruas adjacentes para tentar estimular a submissão de propostas”.

Populares