Seguir o O MINHO

Braga

Braga quer menos parques infantis, mas melhores (e 17 já foram desmantelados)

Câmara diz que os 257 existentes custam nove milhões por ano

em

Parque infantil em Adaúfe que viria a ser desmantelado. Foto: Carlos Dobreira

O concelho de Braga vai passar a ter menos mas melhores e maiores parques infantis, garante a O MINHO a vereadora da Câmara, com o pelouro dos equipamentos municipais, a propósito da medida, que anunciou na última reunião do Executivo, de vir a reduzir, por haver “excesso”, o número de parques, 257 ao todo, dos quais 17, para já, serão desmantelados. O racio é de 104 crianças por parque, quando os estudos indicam que a média ideal andará pelas 500, salienta.

A autarca salienta que há parques diminutos e com quase nenhuma estrutura e que, por isso, não são utilizados pela população e sublinha que há zonas com estruturas destas a mais e outras sem nenhuma: “Há, por exemplo, uma união de freguesias com 15 parques e outras freguesias sem nenhum”.

Parque infantil em Adaúfe desmantelado. Foto: Carlos Dobreira

Olga Pereira está a fazer um levantamento da situação, em conjunto com as juntas de freguesia que tem vindo a receber, não estando, por isso, decidida a forma da futura racionalização do setor.

Acentua que a manutenção dos 257 parques custaria ao Município nove milhões por ano, devido a exigências legais como a da vistoria diária de todos eles. “Esta despesa é incomportável com um orçamento como o nosso”, sublinhou.

A vereadora contraria a ideia – e as críticas surgidas a propósito – de que o desmantelamento de alguns parques prejudica a população: “O que precisamos é de parques requalificados, com qualidade e com segurança para as crianças e não de estruturas sem condições”, disse, garantindo que, no final do processo de diagnóstico, daqui a meio ano, as crianças e suas famílias, ficarão mais bem servidas em termos de estruturas adequadas aos seus tempos de lazer.

Populares