Seguir o O MINHO

Braga

Braga: Mulher terá sido morta por recusar entregar casa ao amante

Crime

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

A mulher de 69 anos encontrada morta na quarta-feira num caminho de terra em Dume, Braga, terá sido assassinada por se recusar a entregar a casa que lhe pertencia ao amante.

Em comunicado, a Polícia Judiciária adianta que “a motivação para a prática dos crimes em investigação estará relacionada com obtenção e apropriação de bens patrimoniais”.

Um casal foi detido esta manhã por suspeita da morte de Maria Ferreira, residente em Real, a cerca de 300 metros do local onde foi encontrada morta.

A vítima manteria uma relação amorosa com o homem, suspeito de 61 anos, que terá tentado extorquir-lhe o referido imóvel. Ter-lhe-á roubado ainda algum dinheiro.

Mulher encontrada morta em caminho de terra em Braga

A Polícia Judiciária refere que, no dia de ontem, “procedeu à detenção, fora de flagrante delito, de um homem de 61 anos e de uma mulher de 48 anos, suspeitos da prática de crimes de homicídio qualificado, profanação de cadáver, burla informática e furto, ocorridos na madrugada e dia 03 de novembro de 2020”.

“Na sequência do aparecimento do cadáver de uma mulher de 69 anos, na zona de Braga e efetuadas de imediato diligências de investigação por parte desta Polícia, foi possível identificar e deter um casal presumível autor dos factos”, acrescenta o comunicado.

Os detidos vão ser presentes às autoridades judiciárias para aplicação das medidas de coação.

A morte terá ocorrido na casa da vítima e o corpo foi deixado no caminho em terra junto ao Caminho da Ordem.

As autoridades suspeitam de que terá sido assassinada através de força física, algo que só autópsia, que deverá ser realizada hoje, confirmará.

Populares