Redes Sociais

Braga lidera projeto para certificar municípios amigos da juventude

Braga

Braga lidera projeto para certificar municípios amigos da juventude

A cidade de Braga vai liderar um projeto europeu com o objetivo de “certificar” municípios como “amigos” da juventude e desenvolver um “manual de boas práticas” para outras cidades ao nível de políticas juvenis.

Apresentado na tarde desta segunda-feira, o 100% Youth City, quer, segundo o orientador do projeto, Carlos Santos, pôr um “selo de qualidade”, que seja reconhecido pelas instâncias europeias, em municípios que correspondam com sucesso a quatro “estágios” de políticas vocacionadas para a juventude.

Para o presidente da Câmara Municipal de Braga, o projeto apresentado, que será financiado pelo programa Erasmus+ Juventude em Ação, é um passo para tornar a cidade “a” referência ao nível de políticas para a juventude.

“O objetivo é certificar cidades e politicas amigas da juventude. Criar um modelo de selo de qualidade reconhecido pelas instâncias europeias”, explicou Carlos Santos.

O “consórcio” integra as cidades de Cluj, na Roménia, Ganja, no Azerbaijão, Varna, na Bulgária, Torino, em Itália, Valência, em Espanha e Riga, na Letónia, além de Braga.

Para isso, o projeto está dividido em quatro fases: “Financiamento, participação e cogestão, infraestruturas e apoio técnico e panos de desenvolvimento estratégico”, “estágios” que correspondem a 15% de certificação cada um e que serão analisados em cada uma das sete cidades do consórcio.

“Pode acontecer que no final um estágio não esteja a ser cumprido e ter-se-á que trabalhar essa fase”, explicou o responsável adiantando que no final do projeto, a desenvolver nos próximos dois anos, “o resultado será um selo de qualidade para aquelas cidades e um manual para outras que queiram atingir a mesma distinção”.

Para Ricardo Rio este é mais um projeto que visa “posicionar” Braga num contexto para atingir “outro tipo de oportunidades”.

“Esperamos que Braga possa justificar este selo de cidade amiga dos jovens e que se torne a referência em matérias de políticas para a juventude”, apontou.

O 100% Youth City terá um orçamento de 130 mil euros para os dois anos de duração do projeto.

Clique para comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Braga