Seguir o O MINHO

Braga

Braga integra projecto europeu de promoção do sucesso escolar

em

Foto: Divulgação

O Município de Braga é parceiro no projecto Learning Technology Accelerator (LEA), aprovado no âmbito do Programa H2020 e financiado pela Comissão Europeia.

Trata-se de um projecto europeu no âmbito da Contratação Pública Inovadora no Sector da Educação e tem como objectivo criar uma rede alargada para desenvolver futuros concursos públicos internacionais inovadores na área da educação.

“A escola não fica à margem da era digital e é nesta senda que o Município vinca a sua aposta em programas e/ou projectos que permitem alavancar metodologias de ensino/aprendizagem adequadas à comunidade escolar do concelho”, disse Lídia Dias, vereadora da Educação.

“Este e outros programas têm-se mostrado cruciais na aquisição de novas competências por parte dos alunos, sendo o uso de equipamentos tecnológicos uma ajuda ao sucesso na escola”.

O enquadramento deste projecto reside nas políticas europeias que têm promovido o uso da contratação pública para a aquisição de serviços de inovação e de I&D, contrariando a tradicional visão de simples processos de compras de serviços ou produtos já existentes.

Desta forma, além de melhorar a capacidade crítica das entidades públicas para um melhor uso dos instrumentos de contratação pública, a Comissão Europeia pretende também estimular a inovação junto das Pequenas e Médias Empresas e startups, dando-lhes a possibilidade de participarem em processos competitivos de contratação pública onde podem perceber melhor as necessidades do sector público e aceder a “testing beds” (cenários de teste reais). Estes instrumentos inovadores de contração pública são o Pre Comercial Procurement (PCP) e o Public Procurement of Innovation (PPI).

À margem da reunião do consórcio que decorreu em Londres, o Município de Braga marcou presença na BETT London, o maior evento mundial de Tecnologia para a Educação, tendo participado no ciclo de conferências, no Global Tech Think Tank e reunido com fornecedores e diversas entidades (Google, Microsoft, Displax, Domoscio, Imperio, entre outras), com o intuito de convidar a uma participação no Projecto LEA e noutros projectos a implementar em Braga.

Populares