Braga inaugura escola após “profunda” requalificação de 2,6 milhões

Escola Básica de Nogueira
Foto: CM Braga

A Escola Básica de Nogueira foi inaugurada, esta terça-feira, após um investimento de 26 milhões de euros numa “profunda” requalificação.

“O estabelecimento de ensino foi alvo de uma requalificação profunda, conferindo-lhe melhores e maiores condições de conforto, funcionalidade e segurança”, sublinha a Câmara, em comunicado.

Com um investimento de 2,6 milhões de euros, financiado pelo NORTE2020, com um cofinanciamento FEDER de um milhão de euros, a requalificação da escola era uma “obra há muito ansiada pela comunidade escolar e permitiu não apenas a requalificação do edifício existente, como também a sua ampliação”.

Na cerimónia de inauguração, Ricardo Rio salientou que “a requalificação do parque escolar tem sido uma aposta forte do Município” que, desta forma, demonstra o seu “compromisso” com a Educação e com o futuro das crianças.

O edil destacou a colaboração entre as várias entidades envolvidas para tornar este projecto uma realidade. “Hoje a escola possui condições de excelência para o seu funcionamento e para ser cada vez mais um polo de atracção de alunos”, sustentou, citado em comunicado da Câmara.

Segundo o autarca, a requalificação deste equipamento escolar, “insere-se num conjunto muito alargado de investimentos, que atingiu o ano passado um número recorde dos últimos 15 anos de investimentos municipais”, de forma a corresponder às necessidades e à crescente procura que se tem verificado por todo o concelho de Braga.

Ricardo Rio lembrou que a Escola da Ponte Pedrinha, da Quinta da Veiga e a Escola do Bairro Económico são os próximos estabelecimentos de ensino em linha para ser reabilitadas.

No final do ano, avançam as reabilitações da escola de Palmeira, Trigal Santa Maria, Frei Caetano Brandão e Calouste Gulbenkian, estabelecimentos que passaram para a alçada do Município no âmbito do processo de descentralização.

Para além da melhoria das condições técnicas do edifício existente, a intervenção incluiu a ampliação de forma a albergar novas valências, nomeadamente 12 salas de aula, salas de AEC’s, salas de prolongamento de horário, um refeitório com copa de apoio, sala polivalente, um recinto de jogos, com recreio coberto, Instalações sanitárias e arrumos, entre outros.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

São João de Braga juntou mais de um milhão de pessoas

Próximo Artigo

Ex-treinador do Famalicão ruma aos Emirados Árabes Unidos

Artigos Relacionados
x