Braga e Vitória defrontam-se separados por apenas 3 pontos

Foto: DR

O duelo do Minho, entre Braga e Vitória, é um dos destaques da 16.ª jornada da I Liga, na qual a liderança do Sportingvai ser testada na sexta-feira pelo Estoril Praia, em Alvalade, horas antes do dérbi Boavista-FC Porto.

Depois do êxito, suado, por 2-1 no recinto do Portimonense, que lhes permitiu terminar 2023 no comando, com um ponto de avanço para o Benfica e três para o FC Porto, os ‘leões’ começam 2024 em casa, onde ainda não cederam qualquer ponto.

O Sporting perdeu dois dos últimos cinco jogos, com desaires na Luz e em Guimarães, mas é a única equipa do campeonato 100% vitoriosa no seu reduto, ao somar oito triunfos em oito jogos, com 19 golos marcados e seis sofridos.

Pela frente, os ‘leões’ vão ter um conjunto ‘canarinho’ que nos últimos seis jogos venceu quatro e empatou um, ciclo – com apenas uma derrota, em Braga – que principiou com triunfo no Dragão (1-0), selado por Holsgrove, de livre direto.

A equipa de Vasco Seabra atravessa um bom momento, sendo que neste período venceu o FC Porto uma segunda vez, por 3-1, em casa, resultado que lhe valeu presença inédita na ‘final four’ da Taça da Liga, eliminando o detentor do troféu.

Por seu lado, os pupilos de Sérgio Conceição devem contar com um duro teste no reduto do rival do Bessa, uma vez que o Boavista, mesmo estando a passar por um claro mau momento, nunca é um obstáculo fácil para os ‘azuis e brancos’.

Após a derrota 2-0 em casa do Sporting, na luta pela liderança, os portistas, que assim caíram para terceiro, lograram um magro sucesso caseiro por 1-0 face ao lanterna-vermelha, o Desportivo de Chaves.

Os ‘axadrezados’ seguem em 13.º, com os mesmos 16 pontos do 10.º, o Arouca, e não vencem há 10 partidas – sete derrotas e três empates, ou seja, três pontos em 21 possíveis –, o que ajudou a ditar a saída de Petit, em 11 de dezembro, num processo que no final do ano contou com a oficialização do interino Ricardo Paiva como técnico principal até ao fim da época.

O Benfica, que vem de vitórias em Braga e em casa ante do Famalicão, joga somente no sábado, com uma deslocação a Arouca, que, depois de sete derrotas consecutivas, que se seguiram a três empates, conquistou 10 pontos em 12 possíveis, com três triunfos e apenas uma igualdade, navegando agora em águas mais serenas.

Os ‘encarnados’ entraram no campeonato com um desaire no Bessa, por 3-2, culpa de um golo sofrido aos 90+13 minutos, mas, depois disso, não mais perderam (11 vitórias e três empates), e, fora da Luz, só não ganharam em Moreira de Cónegos (0-0).

No mesmo dia, outro dérbi, o minhoto, vai opor na ‘pedreira’ o SC Braga ao Vitória SC, respetivamente quarto e quinto classificados, separados por meros três pontos.

Os ‘arsenalistas’ venceram oito dos últimos 10 jogos na prova, enquanto os vimaranenses ganharam seis encontros no mesmo período, incluindo um 3-2 ao líder Sporting, e vão num ciclo de quatro rondas a pontuar.

A ronda 16, a penúltima da primeira volta, tem mais dois jogos no sábado, prossegue com outros dois no domingo e fecha apenas na segunda-feira, dia em que o Moreirense, sexto colocado, é anfitrião do Casa Pia.

Programa da 16.ª jornada:

– Sexta-feira, 05 jan:

Sporting – Estoril Praia, 18:45

Boavista – FC Porto, 20:45

– Sábado, 06 jan:

Estrela da Amadora – Vizela, 15:30

Farense – Gil Vicente, 15:30

Arouca – Benfica, 18:00

SC Braga – Vitória SC, 20:30

– Domingo, 07 jan:

Rio Ave – Portimonense, 18:00

Famalicão – Desportivo de Chaves, 20:30

– Segunda-feira, 08 jan:

Moreirense – Casa Pia, 20:15

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Atenção, Esposende, Viana e Caminha. Aviso amarelo devido a ondas até 5 metros

Próximo Artigo

Viana: Governo reconhece interesse público de quarta ponte sobre o rio Lima

Artigos Relacionados
x