Seguir o O MINHO

Região

Braga e Viana em aviso amarelo com possível queda de granizo

Meteorologia

em

Foto: Rui Mesquita / Arquivo

Os distritos de Braga e Viana do Castelo estão sob aviso amarelo, entre as 14:00 e as 22:00 desta quarta-feira, devido a precipitação.


De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), haverá aguaceiros por vezes fortes, ocasionalmente de granizo e acompanhados de trovoada.

O IPMA refere ainda a possibilidade de rajadas convectivas associadas.

O aviso amarelo é o terceiro menos grave de uma escala de três e indica uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da meteorologia.

Anúncio

Barcelos

Militares na República Centro-Africana brindados com Galo de Barcelos de Júlia Côta

Artesanato

em

Foto: DR

Os militares portugueses em serviço na República Centro-Africana receberam uma ‘prenda’ especial: um Galo de Barcelos feito por Júlia Côta. E já agradeceram o gesto numa carta enviada à artesã de Barcelos.

“Os militares portugueses, dos três ramos das Forças Armadas, que integram e servem Portugal na Missão Militar de Treino da União Europeia na República Centro-Africana, vêm desta forma simples e singela, profundamente reconhecidos e com grande emoção, expressar a gratidão da Senhora, que tão gentil e amavelmente, teve o gesto de nos fazer chegar o – seu – galo de Barcelos”, assim começa a missiva que Júlia Côta partilhou na sua página de Facebook.

“Tal facto permite-nos a honra de, mesmo em serviço e longe da Pátria, orgulharmo-nos da presença de um incontornável símbolo de Portugal, criado por si, na tradição do seu avô Domingos Côto, facto que assume para nós acrescida importância, significado e um valor indescritível”, acrescentam os militares.

O Galo de Barcelos “ficará guardado em lugar de Honra”, garantem. “Fortalecendo os laços de união à Pátria, à nossa terra e aos nossos, motivo de acrescida e permanente saudade, mas elemento de imprescindível motivação para, em cada dia, fazer mais e melhor”, realça a carta.

Júlia Côta, de 85 anos, figura incontornável do figurado de Barcelos, assume “um enorme orgulho [em] poder levar longe o nome de Portugal”.

Continuar a ler

Região

Reciclagem aumentou 10% nos municípios do Vale do Lima e Baixo Cávado

Dados do 1.º semestre de 2020

em

Foto: DR / Arquivo

A Resulima, empresa responsável pelo tratamento e valorização de resíduos urbanos nos seis municípios do Vale do Lima e Baixo Cávado, registou no primeiro semestre de 2020 um aumento na recolha seletiva de 10% face ao período homólogo de 2019, foi hoje anunciado.

Os aumentos foram de 8% no papel/cartão, 16% no plástico/metal e 9% de vidro.

Em comunicado, a Resulima considera que “este crescimento da recolha seletiva resulta de investimentos muito significativos que têm vindo a ser concretizados, cofinanciados pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR), na aquisição de novos veículos de recolha, ecopontos e ações de comunicação e sensibilização ambiental, o que se tem traduzido numa participação efetiva e crescente dos cidadãos nos hábitos de reciclar”.

A empresa tem atualmente uma rede de 1.960 ecopontos distribuídos pelos municípios de Arcos de Valdevez, Barcelos, Esposende, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Viana do Castelo.

“Analisados os números do primeiro semestre de 2020, pode-se afirmar que a reciclagem tem evoluído de forma positiva e que os desafios de 2020 têm sido ultrapassados, perspetivando-se um ano positivo para a reciclagem na região”, refere a Resulima em nota de imprensa.

A Resulima serve cerca de 309,5 mil habitantes, numa área geográfica de 1.743 km2.

Continuar a ler

Braga

PSP resgata lontra e devolve-a ao rio Este em Braga

A PSP resgatou, esta segunda-feira, uma lontra que tinha entrado numa garagem na Rua Magalhães Lima, acima da Ponte Pedrinha, em Braga. Posteriormente, os agentes libertaram o animal no rio Este, devolvendo-o, assim, ao seu habitat.

em

A PSP resgatou, esta segunda-feira, uma lontra que tinha entrado numa garagem na Rua Magalhães Lima, acima da Ponte Pedrinha, em Braga. Posteriormente, os agentes libertaram o animal no rio Este, devolvendo-o, assim, ao seu habitat.

Continuar a ler

Populares