Seguir o O MINHO

Braga

Morreram mais de 30 pessoas nas estradas de Braga desde o início do ano

Balanço da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária até outubro

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

O número de mortos nas estradas portugueses desceu entre 01 de janeiro e 31 de outubro relativamente ao período homólogo, mas o número de acidentes e de feridos graves subiu, segundo dados provisórios oficiais. O distrito de Braga é o terceiro com maior número de mortos resultantes de acidentes: 33 pessoas.

De acordo com o último balanço da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) relativo a 10 meses (entre 01 de janeiro e 31 de outubro deste ano) morreram 396 pessoas nas estradas portuguesas, menos 24 do que no período homólogo (420).

Os dados da ANSR referem-se a óbitos que ocorrem no local do acidente ou durante o respetivo transporte até à unidade de saúde e os valores relativos aos feridos graves são referentes a vítima de acidente cujos danos corporais obriguem a um período de hospitalização superior a 24 horas.

Entre 01 de janeiro e 31 de outubro deste ano foram registados 110.034 acidentes, mais 924 do que no período homólogo (109.110).

No mesmo período ficaram feridas com gravidade 1.890 pessoas, mais 106 do que nos 10 meses de 2018.

A ANSR indica também que 34.740 pessoas sofreram ferimentos ligeiros, mais 479 do que em igual período do ano passado (34.261).

O balanço da ANSR, que reúne dados da GNR e PSP, destaca também que na última semana de outubro (22 a 31 de outubro) morreram nas estradas 14 pessoas e 66 ficaram feridas com gravidade.

Os dados da ANSR indicam igualmente que entre 01 de novembro de 2018 e 31 de outubro de 2019, foram registados 484 mortos nas estradas (menos 26 relativamente ao período 01 de novembro de 2017 a 31 de outubro de 2018) enquanto os feridos graves subiram para 2.247 (mais 99).

Entre 01 de janeiro e 31 de outubro deste ano, o distrito com maior número de mortos resultantes de acidentes foi o do Porto (43), seguido de Lisboa (39), Braga (33), Coimbra (30) e Santarém (29).

O distrito de Lisboa foi o distrito com mais feridos graves (271), seguido por Faro (198) e Porto (185).

Anúncio

Braga

Casa arde na cidade de Braga

Em Real

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Uma casa desabitada está a ser consumida pelas chamas em Real, cidade de Braga, disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

O alerta foi dado às 20:59, para a interceção entre a Rua Costa Gomes e a 5 de Outubro, segundo fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, mobilizando 21 operacionais e seis viaturas.

No local estão vários elementos da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga e dos Bombeiros Voluntários de Braga, procedendo à extinção das chamas. Uma equipa dos Bombeiros de Amares foi acionada para o local uma vez que há ainda perigo de se alastrar para habitações contíguas.

Pelas 21:43, o incêndio encontrava-se “dominado”, mas ainda não extinto.

“Para já, não há registo de feridos”, disse a mesma fonte, podendo ainda existir alguma vítima por entre os escombros.

A PSP está no teatro de operações.

(em atualização)

Continuar a ler

Braga

PSP deteve dois jovens suspeitos de furtos em centro comercial em Braga

Rapariga e rapaz de 18 e 19 anos detidos.

em

Foto: DR / Arquivo

A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve dois jovens por furto de artigos num valor superior a 200 euros em várias lojas de um centro comercial de Braga, anunciou hoje aquela força.

Os detidos são uma rapariga de 19 anos e um rapaz de 18.

A PSP apreendeu ainda um alicate utilizado para retirar os alarmes dos artigos furtados, que estava na posse da suspeita.

Os detidos foram notificados para comparecerem nos Serviços do Ministério Público junto do Tribunal Judicial da Comarca de Braga.

Continuar a ler

Braga

Homem em estado grave após atropelamento em Braga

Vítima de 35 anos

em

Foto: Facebook do grupo "Moina na Estrada"

Um homem, de 35 anos, sofreu ferimentos graves na sequência de um atropelamento, esta tarde, em Braga.

O sinistro ocorreu por volta das 16:40 junto à rotunda da Rodovia, naquela cidade.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Ao local acorreram os Bombeiros Voluntários de Braga, a VMER e a Mota de Emergência Médica do INEM.

Desconhecem-se as causas do atropelamento, mas a vítima terá sido colhida fora de passadeira.
Foi transportada para o Hospital de Braga.
A PSP registou a ocorrência.

Continuar a ler

Populares