Seguir o O MINHO

Braga

Braga deu dormida a mais de 400 mil turistas em dois anos

em

A cidade de Braga registou, entre 2013 e 2015, mais de 400 mil dormidas, um número que, segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, reflecte um “crescimento turístico sustentado”, através da consolidação de mercados tradicionais, como o Europeu, mas também a abertura crescente à América e à Ásia.

“A capacidade média subiu cerca de 8% na hotelaria e registou-se um aumento de 2.700 euros por ano no valor dos proveitos por aposento, uma subida significativa que serve de estímulo aos agentes económicos locais, que são os que mais benefício têm tirado deste fenómeno turístico que Braga está a registar”, sustentou o edil, no final da reunião do executivo que decorreu hoje, 23 de janeiro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Em nota enviada a O MINHO, a autarquia explica que, “nos últimos três anos, a cidade de Braga tem vindo a posicionar-se como um destino turístico de excelência. A tendência é comprovada pelos mais recentes dados sobre o Turismo divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que dão conta de uma subida de 34% no número de hóspedes no concelho, de um acréscimo de 41% nas dormidas e de 25% de aumento no número de camas disponíveis”.

Para o crescimento verificado, Ricardo Rio destacou, igualmente, o contributo dado pelo Parque de Campismo de Braga que, em 2016, voltou a atingir números recordes, registando um aumento do número de campistas, de dormidas e, consequentemente, da receita.

Segundo o autarca, a par da promoção turística enquadrada em iniciativas conjuntas de âmbito regional e nacional, Braga tem vindo a prosseguir com uma estratégia própria de que é exemplo o contacto com o corpo diplomático que tem permitido chegar a muitos operadores e a captar cada vez mais turistas.

“Na semana passada, tivemos a finalizar contactos com os responsáveis da cidade chinesa de Shenyang, no Norte da China, para formalizar um acordo de parceria e de geminação onde a dimensão turística terá um papel relevante no sentido de começarmos a receber cada vez mais turistas daquele país”, concluiu Ricardo Rio.

EM FOCO

Populares