Seguir o O MINHO

Braga

Braga com entradas na cidade controladas. Mas houve quem ‘furasse’

Estado de emergência

em

Foto. O MINHO

O Comando Distrital da PSP de Braga levou a cabo, ao longo da tarde desta sexta-feira, um ‘cerco’ policial à cidade de Braga, no âmbito do decreto presidencial que renovou o Estado de Emergência, face à pandemia de covid-19.

Dezenas de agentes instalaram-se em três das principais rotundas nos eixos de entrada e saída da cidade, abordando todas as viaturas que circulavam em ambos os sentidos.

Foto: O MINHO

A operação na rotunda da Nova Arcada visou controlar as entradas e saídas de quem se dirigia de Vila Verde, Prado, Amares ou Terras de Bouro para a cidade de Braga.

Foto: O MINHO

Em Gualtar, na rotunda junto ao INL e ao hotel Meliã. a PSP controlou os acessos de quem resolveu tomar atalhos vindos da zona do Cávado, conseguindo ainda fiscalizar quem se dirigia de Vieira do Minho ou da Póvoa de Lanhoso.

Foto: O MINHO

Já em Ferreiros, junto à conhecida como “zona da Amarelo”, na rotunda do E.Leclerc, foram controlados os acessos provenientes de Barcelos, Esposende e Famalicão.

Foto: O MINHO

Todavia, nestes dois dias de estado de emergência, pelo menos dois casos vieram a público de não existir controle nas estradas. Uma mulher residente em Braga denunciou a O MINHO que, na quinta-feira, fez a viagem Braga-Guimarães por caminho municipal em Trandeiras, e que, nem a cidade (área PSP), nem nas freguesias (área GNR), viu alguma operação.

No entanto, a GNR esteve esta manhã na Morreira, a fiscalizar quem atravessava entre concelhos pela conhecida zona da Falperra.

GNR fiscalizou 530 viaturas no concelho de Braga, durante a manhã, e mandou oito para casa

Também na quinta-feira, através das redes sociais, um condutor partilhou um vídeo em direto enquanto circulava na cidade de Braga, fintando propositadamente as diversas operações que se realizavam, através de ruelas e atalhos.

Populares