Seguir o O MINHO

Braga

Braga assinala Senhora da Alegria, a rara imagem de uma santa a tocar viola em Vila Verde

em

Foto: Fernando André Silva

É construída inteiramente em madeira e apenas é vista pelo público em duas raras ocasiões anuais.

A imagem da Nossa Senhora da Alegria, que representa uma santa a tocar viola, cuja data é hoje celebrada, fica durante todo o ano entregue a uma família do lugar de Casais de Vide, na freguesia fronteiriça de Aboim da Nóbrega e Gondomar, em Vila Verde.

Nesta segunda-feira, a Arquidiocese recordou a data em que se comemora a santa padroeira da alegria, da música e das festas e romarias.

Dom Jorge Ortiga dedicou-lhe especial parte durante a homilia da missa de hoje.

Em junho, é exibida durante dois dias na capela local, durante as festas paroquiais. Em 2018, foi também um atrativo da procissão em honra de São João, durante as principais festas da cidade de Braga.

Os responsáveis pelas festas contaram a O MINHO que esta imagem é “rara em todo mundo”, havendo apenas mais um exemplar conhecido em Portugal, situada no Algarve.

Esta em Aboim, dizem, é a original, e existe há mais de quatro séculos. Há ainda registo de uma imagem em França, em Liésse.

A confraria conta que a imagem dava a volta a todas as romarias da região do Minho, por ser sinónimo de festa e alegria.

No entanto, a frágil composição levou a que essa tradição fosse interrompida, para restauro.

Ficou depois decidido que a mesma deveria ficar guardada durante todo o ano, sendo apenas exibida nos dias da festa paroquial de Casais de Vide.

Populares