Seguir o O MINHO

Braga

Braga aprovou orçamento de 101 milhões. Oposição fala de eleitoralismo

em

A Câmara de Braga aprovou esta segunda-feira um orçamento de 101 milhões de euros para 2017 mas com o voto contra da oposição PS e CDU, que acusou a coligação Juntos por Braga (PSD/CDS-PP/PPM) de elaborar um “documento eleitoralista”.


Os documentos referentes às Grandes Opções do Plano e Orçamento da autarquia para 2017, avaliados na manhã de ontem em reunião do executivo camarário, refletem um aumento de 2,5 milhões de euros, quando comparado com os de 2016, com destaque para o aumento do investimento em transferências para as freguesias (mais cerca de um milhão de euros).

Destacam ainda o investimento em “áreas fundamentais para o desenvolvimento económico e social do concelho”, nomeadamente de requalificação e reabilitação do Parque Exposições de Braga, do Mercado Municipal e do Parque Escolar, do Complexo Desportivo da Rodovia, do Pavilhão Flávio Sá Leite, Centro Europeu de Juventude/Pousada da Juventude, Ciclovia Urbana de Braga e em projetos de mobilidade pedonal.

“É um orçamento que, ao contrário dos anteriores, vê empolado o nível de investimento, muito à custa de obras e concursos que vão fazer parte do festim eleitoral em ano de eleições autárquicas. Não é coincidência”, defendeu o vereador da CDU, Carlos Almeida, no final da referida reunião.

Este é “um orçamento eleitoralista”, insistiu o vereador comunista, numa crítica repetida pelo líder da vereação socialista, Hugo Pires.

“É um documento de período eleitoral”, definiu o PS, que apontou ainda a “falta de compromisso e de palavra” da coligação que governa a autarquia.

“Tudo o que [Ricardo Rio] prometeu, não cumpriu e fez tudo ao contrário do que disse que faria. O PS Não tinha outra alternativa se não votar contra”, justificou.

Confrontado com as críticas de alegada prática eleitoralista, o presidente da autarquia, Ricardo Rio, refutou a acusação: “Não concordo. Cumpre dizê-lo que este é um orçamento que eu gostava de não ter que apresentar porque boa parte do investimento estava previsto para concretizar em 2016″, disse.

Além disso, explicou, “com exceção das escolas, todos os processos não vão estar concluídos antes das eleições e não vão ser acelerados por causa disso”.

Em termos de receita corrente, a autarquia prevê arrecadar 86.425.232 euros, correspondentes a 85% do valor total orçado.

A despesa corrente representa 64% do orçamento, ascendendo a 64.421.221 euros, menos 2,2 milhões de euros em relação a 2016, proporcionando uma poupança corrente 22 milhões de euros, que somada à receita de capital no valor de 14.879.768 euros, permitirá uma despesa de capital de 36.883.779 euros (36% do orçamento para 2017).

 

logo Facebook Fique a par das Notícias de Braga. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Anúncio

Braga

Póvoa de Lanhoso com 47 casos ativos de covid-19

Dados locais

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O concelho de Póvoa de Lanhoso registava, até às 16:00 horas desta quarta-feira, 47 casos ativos de infeção por covid-19.

Estes dados são apurados por O MINHO junto de fonte local do setor da saúde.

Por problemas técnicos, não nos é possível divulgar os casos recuperados nem o número de óbitos no concelho desde o início da pandemia.

Portugal regista hoje mais 16 mortos e 2.535 novos casos de infeção por covid-19, em relação a terça-feira, segundo o boletim epidemiológico diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

1.379 dos novos casos são no Norte.

De acordo com o boletim, desde o início da pandemia até hoje registam-se 106.271 casos de infeção confirmados e 2.229 mortes.

Há ainda 63.238 recuperados, mais 1.340 do que ontem.

Continuar a ler

Braga

Póvoa de Lanhoso repovoa ribeiros com trutas

Ambiente

em

Foto: DR

Os rios da Póvoa de Lanhoso passam a contar com mais trutas, após uma ação de repovoamento levada a cabo pela autarquia local, foi hoje anunciado.

Este repovoamento está a ser realizado pelo Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) em parceria com o Gabinete Técnico Florestal do Município da Póvoa de Lanhoso e com o Clube de Pesca do Sport Clube Maria da Fonte.

Os cursos de água abrangidos são a ribeira da Póvoa (Pontido), ribeira de Vides (Oliveira e Vilela), ribeiro do Pregal (Lanhoso) e o ribeiro de Pereiros (Póvoa de Lanhoso).

Continuar a ler

Braga

Amares com 18 casos ativos de covid-19

Dados locais

em

Foto: DR

O concelho de Amares registava, até às 16:00 horas desta quarta-feira, 18 casos ativos de infeção por covid-19.

Estes dados são apurados por O MINHO junto de fonte local do setor da saúde.

Por problemas técnicos, não nos é possível divulgar os casos recuperados nem o número de óbitos no concelho desde o início da pandemia.

Portugal regista hoje mais 16 mortos e 2.535 novos casos de infeção por covid-19, em relação a terça-feira, segundo o boletim epidemiológico diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

1.379 dos novos casos são no Norte.

De acordo com o boletim, desde o início da pandemia até hoje registam-se 106.271 casos de infeção confirmados e 2.229 mortes.

Há ainda 63.238 recuperados, mais 1.340 do que ontem.

Continuar a ler

Populares