Braga analisa investimento de 2 milhões em hotel para 194 hóspedes no largo da Estação

Sete pisos acima do solo e um subterrâneo

O Município de Braga analisa, segunda-feira, em reunião do executivo de vereadores, um pedido de autorização, enquanto “investimento estratégico”, de licenciamento de um hotel de 2 estrelas, no largo da Estação, da cadeia MOOV.

O pedido vem com uma recomendação positiva da Divisão de Planeamento e Regeneração Urbana, do pelouro do vereador do Urbanismo, Miguel  Bandeira.

O hotel, de duas estrelas, terá sete pisos acima do solo e um subterrâneo, e capacidade para 194 hóspedes, representando um investimento de dois milhões de euros.

Estará vocacionado para estadias curtas (2 ou 3 noites), “com grande apetência para mobilidade em modos suaves”.

Na reunião pública do Executivo Municipal que tem lugar, pelas 09:30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, estão em análise, entre outros assuntos, um protocolo de colaboração entre a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género e o Município; contratos interadministrativos de delegação de competências e proposta de apoio financeiro à União de Freguesias de Crespos e Pousada.

A ordem de trabalhos desta Reunião, bem como a acta da reunião anterior, está disponível para download.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Ordem dos Médicos solidariza-se com médica agredida e pede medidas ao Governo e MP

Próximo Artigo

Sá Pinto terá sido a quarta vítima da "maldição Steven Gerrard"?

Artigos Relacionados
x