Seguir o O MINHO

Braga

Braga admite candidatar-se à organização do Festival da Eurovisão

em

Foto: Rolf Klatt/REX Shutterstock (4786572g). Perspectiva do Wiener Stadthalle durante a grande final do Festival da Eurovisão de 2015, em Viena, Áustria - 23 de Maio de 2015.

Ricardo Rio revelou esta segunda-feira que a Câmara Municipal de Braga quer conhecer o caderno de encargos da Eurovisão para a organização do festival em 2018.

Na conferência de imprensa após a reunião do executivo municipal, o autarca afirmou que, apesar de existirem contactos junto da RTP, a autarquia pretende apenas “saber o que será exigido”, segundo avança a Rádio Universitária do Minho (RUM).

Projeto do “novo” Parque de Exposições de Braga (PEB). DR

O renovado Parque de Exposições de Braga (PEB) seria, para Ricardo Rio, um argumento que colocaria a cidade à frente dos municípios que já manifestaram interesse em acolher o evento, entre os quais se inclui Guimarães.

Conferência de imprensa de Ricardo Rio. DR

“O PEB renovado tem muito mais capacidade do que outros equipamentos que eu já ouvi manifestarem intenção em receberem este certame, em todos os pontos do país que não o MEO Arena. Na grande nave poderemos ter concertos para 15 mil pessoas. Se a obra começar de imediato, em março ficará concluída”, justifica o autarca, citado pela RUM.

O arranque das obras de requalificação do Parque de Exposições encontra-se pendente do visto do Tribunal de Contas, mas, apesar do atraso, o município prevê que a renovação daquele espaço possa estar concluída até abril de 2018.

Ainda segundo a rádio universitária, “a cidade anfitriã [do Festival] deverá cumprir as seguintes regras definidas anualmente pela UER/EBU: a arena candidata deverá acolher, pelo menos, 7 mil espectadores, sendo ideal que o recinto tenha capacidade para 10 mil pessoas, com um local para um centro de imprensa que possa acolher 1550 jornalistas;  o recinto deverá ser coberto, enquanto que a cidade anfitriã deverá ter acesso a um aeroporto internacional moderno, bem como de um local onde possam ser realizadas as receções de boas-vindas e os eventos de despedida;  a cidade deverá ter ainda pelo menos 10 mil camas de hotéis”.

 

OUVIR: Declarações de Ricardo Rio [RUM]

Portugal irá organizar o Festival da Eurovisão em 2018, depois de Salvador Sobral ter sido o vencedor deste ano. Guimarães, Santa Maria da Feira, Matosinhos, Lisboa e Portimão já demonstraram interesse em vir a candidatar-se à organização do evento.

 

Populares