‘Braço’ tecnológico da BMW abre escritório em Braga (e está a recrutar 100 programadores)

Foto: BMW

A tecnológica portuguesa Critical TechWorks – nascida da cooperação entre a Critical Software e o Grupo BMW – vai abrir um novo escritório em Braga e pretende contratar 100 programadores dos próximos 12 meses, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a empresa, que resultada de uma forte aposta da BMW no desenvolvimento de “soluções de mobilidade do futuro”, adianta que está a dar “prioridade para perfis com conhecimentos em Java, C++ e Data”.

A nova localização, num escritório com 2.000 metros quadrados em Braga, “reforça o compromisso de longo prazo da Critical TechWorks com a presença em Portugal”.

A equipa de Braga irá reforçar a capacidade de desenvolvimento de produtos que a tecnológica está a construir para o Grupo BMW.

Neste momento, a empresa desenvolve 250 produtos, que vão desde o desenvolvimento de veículos aos automóveis conectados, à inteligência de dados, aos ecossistemas de vendas, logística e sistemas de produção.

“A presença em Braga é, para nós, bastante natural, devido ao ecossistema existente na cidade, à proximidade do escritório do Porto e ao facto de termos membros da nossa equipa que vivem a norte do Porto”, explica Rui Cordeiro, CEO da Critical TechWorks, citado no comunicado.

Para o responsável, “esta expansão, em complemento aos escritórios do Porto e Lisboa, responde às necessidades de crescimento planeadas para os próximos cinco anos. É também mais um sinal de confiança na excelência da engenharia portuguesa”.

E conclui: “Reflete o trabalho e impacto que temos vindo a ter junto do Grupo BMW na construção da mobilidade do futuro”.

Atualmente, a empresa conta com mais de 2.400 colaboradores, prevendo contratar mais 500 pessoas em 2024, distribuídos pelos três escritórios.

“A ambição para o novo escritório de Braga não se limita às 100 pessoas que pretende contatar nos próximos 12 meses, tendo objetivos de crescimento para a cidade acima das 500 pessoas num horizonte de quatro anos”, refere o comunicado.

A ‘joint-venture’ entre a Critical Software e o BMW Group foi fundada em setembro de 2018 com o objetivo de apoiar a marca alemã na transformação da sua atividade e da experiência dos condutores e passageiros dos seus veículos.

As vagas disponíveis na Critical TechWorks podem ser consultadas aqui.

Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Bordado de Viana em exposição na Assembleia da República

Próximo Artigo

Euribor desce a três e a 12 meses e sobe a seis meses

Artigos Relacionados
x