Seguir o O MINHO

SC Braga

Bracarenses Isaura Lopes e Domingos Vieira vencem 1ª volta do Regional Norte de Boccia

Carlos Clemente em 3º

em

Fotos: DR

O Pavilhão Municipal da Póvoa de Varzim recebeu a primeira volta do Campeonato Regional Norte de Boccia, prova disputada por 54 atletas de 15 clubes.

A atleta do SC Braga, Isaura Lopes (classe BC5), Campeã Nacional Sub-21, e vice-campeã da prova regional da época passada, iniciou forte esta época ao vencer a primeira volta, tendo derrotado, na final, o atleta Herlander Correia do Sporting Clube de Espinho.

O Vice-Campeão Nacional, e Campeão Regional Norte, em título, Domingos Vieira (classe BC4), também do SC Braga apresentou-se ao nível a que nos tem habituado, não dando chances aos seus adversários diretos, demonstrando uma consistência assinalável nos resultados de alto nível. O arsenalista venceu na final o atleta do MAPADI, José Diogo Costa, sendo o único atleta da seleção nacional, da zona norte, a atingir o pódio.

Na classe BC1, Carlos Clemente, após um interregno competitivo de um ano, alcançou um fantástico 3º lugar. Vislumbra-se um retorno interessante deste atleta à competição da modalidade, conhecendo-se o seu elevado potencial.

O SC Braga voltará a competir no campeonato regional norte, desta feita na 1ª volta da classe BC3, nos próximos dias 02 e 03 de fevereiro, em Santa Maria da Feira.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Futebol

“Esta vitória vai inteiramente para os adeptos do Braga que se deslocaram até cá”

SC Braga venceu fora, na primeira mão da meia-final da Taça de Portugal, contra o Benfica

em

Foto: Divulgação / SC Braga (Arquivo)

Declarações dos treinadores do Benfica e do SC Braga, após a primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal de futebol feminino, disputada hoje em Lisboa, e que as minhotas venceram por 2-1:

Miguel Santos (treinador do SC Braga): “Foi um resultado melhor do que a exibição, porque, atendendo ao estado do relvado, o Benfica esteve em vantagem. O Braga teve problemas de adaptação ao relvado, mas conseguiu contornar isso, não se abalou, chegou ao empate e fez uma segunda parte mais bem conseguida. Na segunda mão, esperamos que seja outro tipo de jogo, no nosso relvado do 1.º de Maio.

Foi um jogo difícil, como já estávamos à espera, com o público a empurrar o Benfica, e esta vitória vai inteiramente para os adeptos do Braga que se deslocaram até cá. Foi uma boa promoção para o futebol feminino e vê-se que a modalidade está a crescer.

Na segunda mão, vamos tentar ter outro tipo de qualidade do ponto de vista ofensivo, mas hoje conseguimos fazer com que o Benfica sofresse o dobro dos golos que sofreu até agora.

A pressão está do lado do Benfica, pelas ambições que tem e pelo investimento que fez. No 1.º de Maio, temos um registo 100% vitorioso, mas esta vantagem não nos dá qualquer excesso de confiança. Vamos para a segunda mão novamente conscientes de que vai ser um jogo difícil, em que teremos de estar bem organizados para chegar ao Jamor.”

SC Braga ganha vantagem na Taça após reviravolta contra o Benfica

João Marques (treinador do Benfica): “O sonho do Jamor continua vivo. A minha equipa foi mais forte nos 90 minutos, com atitude, querer e compromisso. Conhecíamos bem o jogo do Braga, mas infelizmente sofremos dois golos de bola parada. O resultado não espelha o que aconteceu durante o jogo.

Em Braga, vamos ter uma tarefa que não é fácil, mas, no dia 18 de maio, a equipa que vai estar na final do Jamor vai ser o Benfica. Sabemos da nossa qualidade e vamos dar a volta na segunda parte desta eliminatória.

A equipa de arbitragem devia ver o jogo, analisá-lo e ver o que não correu bem. É complicado fatores extra jogo não nos possibilitarem outro resultado. Este é um conselho construtivo.

Estamos preparados para estes jogos. Senti a minha equipa superior ao adversário e estamos preparados para lutar pelo título na primeira divisão, pois temos capacidades iguais ou superiores aos adversários.”

Continuar a ler

SC Braga

Moçambique: SC Braga vai doar 10% das receitas dos jogos contra o FC Porto e Benfica

Solidariedade dos Gverreiros

em

Foto: DR

O SC Braga vai doar 10% da receita dos jogos com o FC Porto e com o Benfica, nas 27.ª e 31.ª jornadas, respetivamente, para apoio a Moçambique, revelou hoje o clube da I Liga de futebol.

“No âmbito do SC Braga Solidário, vamos doar 10% da receita dos encontros com o FC Porto e Benfica – ambos a contar para a Liga –, na esperança de contribuirmos para atenuar o sofrimento de todos aqueles que foram afetados por esta calamidade”, refere a nota dos bracarenses.

O clube, terceiro classificado na Liga, diz estar “sensibilizado com a tragédia que se abateu sobre Moçambique e o seu povo” e que “acompanha com especial apreensão os dias difíceis que vivem todos os moçambicanos”.

“Em horas difíceis, a ajuda de todos torna-se decisiva. Os dois encontros adquirem, assim, cariz solidário e uma importância superlativa, num jogo da vida que não conhece fronteiras”, acrescenta o Sporting de Braga.

O jogo com o FC Porto, segundo classificado na Liga, está marcado para o próximo sábado (15:30), na 27.ª jornada, e com o Benfica, líder do campeonato, no fim de semana de 27 e 28 de abril, a contar para a 31.ª ronda.

A passagem do ciclone Idai em Moçambique, no Zimbabué e no Maláui fez pelo menos 761 mortos, segundo os balanços oficiais mais recentes.

Em Moçambique, o número de mortos confirmados subiu hoje para 446, no Zimbabué foram contabilizadas 259 vítimas mortais e no Maláui as autoridades registaram 56 mortos.

O ministro da Terra e do Ambiente moçambicano, Celso Correia, sublinhou hoje que estes números ainda são provisórios, já que à medida que o nível da água vai descendo vão aparecendo mais corpos.

O número de pessoas afetadas em Moçambique subiu para 531.000 e há 109.000 entradas em centros de acolhimento, das quais 6.500 dizem respeito a pessoas vulneráveis – por exemplo, idosos e grávidas que recebem assistência particular.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou que está a preparar-se para enfrentar prováveis surtos de cólera e outras doenças infecciosas, bem como de sarampo, em extensas zonas do sudeste de África afetadas pelo ciclone Idai, em particular em Moçambique.

O ciclone afetou pelo menos 2,8 milhões de pessoas nos três países africanos e a área submersa em Moçambique é de cerca de 1.300 quilómetros quadrados, segundo estimativas de organizações internacionais.

A cidade da Beira, no centro litoral de Moçambique, foi uma das mais afetadas pelo ciclone, na noite de 14 de março.

Continuar a ler

Futebol

SC Braga ganha vantagem na Taça após reviravolta contra o Benfica

Golo olímpico valeu vitória fora, na primeira mão das meias-finais, onde o SC Braga impôs a primeira derrota da história da equipa feminina do Benfica

em

Foto: DR/Arquivo

O SC Braga venceu hoje o Benfica por 2-1, em jogo da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal feminina de futebol, em que o Benfica teve mais ocasiões, mas as ‘arsenalistas’ foram mais eficazes.

Darlene inaugurou o marcador para o Benfica (25), num remate de fora da área, mas o SC Braga conseguiu a ‘cambalhota’ no marcador com golos de Jana (38) e Ágata Filipa (68).

Com este resultado, o SC Braga, líder do campeonato nacional, coloca-se em vantagem na eliminatória, ao vencer na casa do Benfica, e impôs às ‘águias’ a primeira derrota da sua história, em época de estreia.

Os primeiros minutos da partida foram inteiramente dominados pelo Benfica, que no primeiro quarto de hora teve oportunidade de inaugurar o marcador em três ocasiões, com Darlene, Evy Pereira e Sílvia Rebelo a revelarem falta de eficácia no momento decisivo.

Totalmente remetido ao seu meio-campo na primeira metade da primeira parte, o SC Braga espreitou o ataque pela primeira vez aos 23 minutos, com Francisca a rematar para fora uma bola mal aliviada pela defesa do Benfica.

Aos 25, Darlene inaugurou o marcador para as ‘águias’. A brasileira aproveitou uma bola que sobrou para a entrada da área após um canto e, de primeira, rematou para o fundo da baliza de Rute Costa.

Numa das poucas vezes em que se aproximou da baliza ‘encarnada’, aos 38 minutos, o SC Braga chegou ao empate. Na sequência de um canto, Dani Neuhaus falhou a interceção e Jana, defesa das minhotas, encostou de cabeça para o 1-1.

Já em tempo de compensação, Darlene esteve perto de recolocar o Benfica em vantagem, mas a guarda-redes Rute Costa não se deixou enganar, depois de mais um bom trabalho individual da brasileira.

O intervalo fez bem às jogadoras do SC Braga, que entraram na segunda parte mais pressionantes sobre a bola e a tirar ao Benfica o espaço que teve para construir no primeiro tempo. Ainda assim, a primeira ocasião da segunda metade voltou a pertencer às ‘águias’, aos 57, com Geyse a rematar contra Jana, depois de assistência de Darlene.

O momento do jogo estava guardado para o minuto 68, com Ágata Filipa a fazer a reviravolta no marcador na marcação de um canto direto. A bracarense surpreendeu toda a gente, colocou a bola no segundo poste e fez o 2-1 para o Sporting de Braga, com um golo olímpico.

Aos 79, Laura Luís, acabada de entrar, podia ter acabado com o jogo. Dani Neuhaus, com um passe desastrado, colocou a bola nos pés da jogadora bracarense, mas a avançada deslumbrou-se e rematou fraco e à figura da guardiã brasileira.

Até final, o Benfica instalou-se no meio-campo do Braga, esteve perto do empate por Maiara, num cabeceamento que passou a rasar o poste, mas as ‘arsenalistas’ aguentaram a pressão ‘encarnada’ e seguraram a vitória em casa do rival.

“Esta vitória vai inteiramente para os adeptos do Braga que se deslocaram até cá”

Com este triunfo por 2-1, o SC Braga está em vantagem na eliminatória, que se vai decidir em 20 de abril, no jogo da segunda mão, em Braga.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio da Tapadinha, em Lisboa.

Benfica – Sporting de Braga, 1-2.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadoras:

1-0, Darlene, 25 minutos.

1-1, Jana, 38.

1-2, Ágata Filipa, 68.

Equipas:

– Benfica: Dani Neuhaus, Daiane, Silvia Rebelo, Darlene, Patrícia Llanos (Andreia Faria, 71), Geyse, Ana Vitória, Tayla, Pauleta (Maiara, 81), Evy Pereira (Rilany, 71) e Yasmin.

(Suplentes: Carolina Vilão, Raquel Infante, Andreia Faria, Rilany, Diva Meira, Carlota Cristo e Maiara).

Treinador: João Marques.

– SC Braga: Rute Costa, Jana, Vanessa, Uchendu, Francisca (Regina, 86), Keane, Ágata Filipa, Diana Gomes, Staub (Babi, 66), Murnan e Machia (Laura Luís, 78).

(Suplentes: Bertsch, Bai, Laura Luís, Daniuska, Regina, Inês Maia e Sara Brasil).

Treinador: Miguel Santos.

Árbitro: Sophia Rosa (AF Setúbal).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Diana Gomes (43), Rilany (90+2) e Regina (90+3).

Assistência: cerca de 2.500 espetadores.

 

Notícia atualizada às 18h21 com mais conteúdo.

Continuar a ler
Anúncio

ÚLTIMAS

Reportagens da Semana

EM FOCO

Populares