Bombeiros de “prontidão” em locais estratégicos em todo o Minho para socorro mais eficaz neste Natal

Imagem ilustrativa. Foto: Ivo Borges / O MINHO (ARQUIVO)

A Proteção Civil acionou, desde quinta-feira, um dispositivo de prevenção e intervenção rodoviária que está presente em vários pontos do Minho para uma “cadeia de socorro eficaz” nas estradas durante o Natal e Ano Novo.

Como O MINHO testemunhou no local, as equipas de bombeiros estão de sentinela na Rotunda dos Bombeiros, em Fafe, e na Rotunda do Ouro, Estrada Nacional 103, na Póvoa de Lanhoso. Este dispositivo está espalhado ainda por vários pontos da região, sendo 123 no país.

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foram escolhidos por estarem nas proximidades das vias rodoviárias com maior fluxo de trânsito, em função do histórico e dinâmica dos movimentos pendulares que se verificam em cada distrito.

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Estará em atividade até domingo e de 31 de dezembro a 02 de janeiro, sendo composto, em todo o país, por 780 bombeiros e 236 veículos dos corpos de bombeiros com valências na área do socorro.

Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) avançou que a presença dos operacionais nas estradas portuguesas junta-se ao habitual reforço das ações de sensibilização e fiscalização da PSP e GNR nas épocas de Natal e Ano Novo.

“Considerando que a época de Natal e de Ano Novo está, tradicionalmente, associada a um acréscimo do tráfego rodoviário, a que se junta, este ano, a previsão de condições meteorológicas adversas para os próximos dias, a Guarda Nacional Republicana, Polícia de Segurança Pública e a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil estão a reforçar a presença nas estradas, aumentando a segurança dos portugueses”, precisa o MAI.

Segundo o comunicado, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) mobilizou meios humanos e materiais adequados, “elevando o nível de prontidão, rapidez de intervenção e qualidade do serviço de socorro na área do pré-hospitalar e contribuindo ainda, através de uma presença visível em locais estratégicos, como fator de sensibilização para a promoção da segurança rodoviária e para a diminuição da sinistralidade.”

Além do dispositivo de prevenção e intervenção rodoviária da ANEPC, a GNR já tem no terreno a Operação “Natal e Ano Novo 2021”, que decorre até 02 de janeiro, com o objetivo de intensificar o patrulhamento rodoviário nas vias de maior tráfego durante este período, através do esforço de patrulhamento, de forma a garantir as festividades e as deslocações em segurança.

A GNR terá em conta o maior fluxo rodoviário nos trajetos dos locais de residência habitual dos cidadãos para os locais de festividades associadas às comemorações do Natal e do Ano Novo.

Durante a operação, serão empenhadas várias valências das diversas Unidades da GNR, em várias ações de patrulhamento, fiscalização e sensibilização, estando particularmente atenta aos comportamentos de risco dos condutores, nomeadamente excesso de velocidade, manobras perigosas, correta sinalização e execução de manobras de ultrapassagem, de mudança de direção e de cedência de passagem, utilização indevida do telemóvel, circulação correta na via mais à direita, bem como a incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou dos sistemas de retenção para crianças.

Também a PSP já deu início à operação “Polícia Sempre Presente: Festas em Segurança 2021-2022” através de um reforço nas estradas até 03 de janeiro.

A PSP aumentou a presença na via pública e intensificou a realização de operações de fiscalização, com especial incidência nas principais causas da sinistralidade, nomeadamente a velocidade excessiva, uso do telemóvel durante a condução, não uso de cinto de segurança e sistemas de retenção e condução sob o efeito de álcool e substâncias psicotrópicas.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Os números do Euromilhões

Próximo Artigo

Situação de ex-craque do Braga não pára de piorar

Artigos Relacionados
x