Seguir o O MINHO

Ave

Bombeiros de luto pela morte do comandante Marinho, de Celorico de Basto

Óbito

em

Foto: CM Celorico de Basto

Morreu durante esta madrugada o comandante do quadro de honra dos Bombeiros Celoricenses, António Manuel Marinho Gomes, vítima de doença prolongada.


O antigo chefe de comando foi recentemente alvo de uma homenagem por parte do município de Celorico de Basto, tendo inclusive recebido um voto de louvor da Presidência da República. Era também presidente da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto.

Várias corporações do distrito de Braga já manifestaram nota de pesar pelo antigo comandante, figura bastante estimada na região.


As cerimónias fúnebres realizam-se a partir das 18:00 da próxima segunda-feira.

Anúncio

Ave

Incêndio em Cabeceiras de Basto rondou habitações

Incêndio florestal

em

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Um incêndio florestal em Cabeceiras de Basto que deflagrou ao final da tarde desta quinta-feira rondou habitações, mas esse flanco já se encontra salvaguardado, segundo disse a O MINHO fonte da corporação de bombeiros.

Com alerta dado às 18:25, para zona florestal na freguesia de Cavez, o incêndio, pelas 20:30, ainda se encontra ativo, disse a mesma fonte.

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

No local estão dois meios aéreos, que devem entretanto ser desativados com o cair da noite, e 87 operacionais das corporações de Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Famalicão, Famalicenses, Vieira do Minho, Fafe e Viatodos.

Estão ainda 25 viaturas no apoio.

Continuar a ler

Ave

Encontrado com vida idoso desaparecido desde ontem em Famalicão

Riba de Ave

em

Foto: DR (Arquivo)

Um homem de 79 anos foi encontrado com vida por militares da GNR depois de estar desaparecido durante uma noite em Famalicão.

Em comunicado, a guarda dá conta da operação de buscas levada a cabo por militares do posto de Riba de Ave com reforço da equipa cinotécnica do Porto.

O homem, que padece da doença de alzheimer, terá desaparecido na noite de ontem durante a hora de jantar, dizendo aos familiares que iria a uma quinta onde se tinha esquecido de alguns pertences.

A família acabou por não o conseguir encontrar mais, levando a que alertasse as autoridades.

Foi encontrado já esta manhã no interior de uma mata, em local ermo, diz a guarda.

O idoso recebeu tratamento médico no local e foi transportado para o Hospital de Famalicão.

Continuar a ler

Ave

“Seis a dez funcionários” infetados nas várias valências de centro social em Famalicão

Covid-19

em

Foto: Centro Social Paroquial de Famalicão

O Centro Social Paroquial de Ribeirão, em Famalicão, tem funcionários infetados com covid-19 em todas as valências da instituição.

“Desde a parte da infância, à terceira idade e deficiência, há entre um e dois casos positivos nas respostas todas”, adiantou a O MINHO uma diretora técnica da instituição, revelando que o número total situa-se entre “seis a dez funcionários”.

Na infância, o Centro tem Creche, Jardim de Infância / Pré-Escolar e Centro de Atividades de Tempos Livres; na terceira idade tem Centro de Dia, Estrutura Residencial e Serviço de Apoio Domiciliário; na deficiência tem Centro de Atividades Ocupacionais e Lar Residencial.

Funcionários infetados em centro social de Famalicão

Como os funcionários são de valências diferentes e “não há ligação entre eles”, a instituição não consegue “perceber de onde vem esta cadeia de infeção”.

“[Os funcionários infetados] não estão em contacto entre eles, cada casa tem a sua independência”, refere a fonte, acrescentando que “nenhum” deles contactou com o pároco Manuel Joaquim Fernandes, também ele infetado.

Foi, aliás, após notícia de padre ter testado positivo à covid-19 que todos os funcionários foram testados, acabando por revelar vários infetados.

“Estamos a tentar perceber o que se está a passar”, sublinha a diretora técnica.

Entretanto, todos os utentes das estruturas residenciais começaram hoje a ser testado, foram suspensas as visitas ao lar, bem como a atividade das restantes valências, como a creche.

Padre em Famalicão infetado com covid-19

“Fechamos as respostas, algumas das quais já estavam em redução de horário devido ao encerramento do ano letivo, como a parte da infância. A direção, juntamente com a delegação de saúde, achou por bem encerrar já a parte de infância e centro de atividades. E pedir às famílias que possam colaborar no serviço apoio domiciliário”, explica a fonte, sublinhando que os espaços já estão a ser desinfetados.

Na semanada passada, O Centro Social Paroquial de Ribeirão comunicou que o seu presidente, monsenhor Manuel Joaquim Fernandes, se encontrava infetado.

Consequentemente, a instituição “decidiu por sua iniciativa realizar exames/testes a todos os seus colaboradores em serviço de funções”.

Esses testes acabariam por revelar vários infetados, confirmados hoje pelo Centro.

Continuar a ler

Populares