Seguir o O MINHO

Ave

Bombeiros de Famalicão oferecem telemóvel a jovem doente oncológico de Amares

Jovem atravessa dificuldades financeiras

em

Foto: BV Famalicão

Os Bombeiros de Famalicão ofereceu um telemóvel a um jovem doente oncológico de Amares, face à falta de recursos financeiros da família para comprar o aparelho.


Através das redes sociais, os bombeiros dão conta da oferta ao jovem Guilherme Monteiro, doente que está a ser tratado no IPO do Porto, cujo transporte é assegurado pela corporação.

Na nota, aquela associação humanitária explica que a família atravessa “dificuldades económicas” e que o jovem, depois de ter ficado sem telemóvel, terá encetado vários pedidos junto de “várias empresas do setor”, mas todas elas negadas.

“A Associação Humanitária dos BV Famalicão decidiu oferecer um telemóvel novo ao Daniel, devido às dificuldades económicas pelas quais a sua família está a passar, porque para nós, um sorriso igual ao do Daniel não tem preço”, escreveu a corporação.

Anúncio

Ave

“Seis a dez funcionários” infetados nas várias valências de centro social em Famalicão

Covid-19

em

Foto: Centro Social Paroquial de Famalicão

O Centro Social Paroquial de Ribeirão, em Famalicão, tem funcionários infetados com covid-19 em todas as valências da instituição.

“Desde a parte da infância, à terceira idade e deficiência, há entre um e dois casos positivos nas respostas todas”, adiantou a O MINHO uma diretora técnica da instituição, revelando que o número total situa-se entre “seis a dez funcionários”.

Na infância, o Centro tem Creche, Jardim de Infância / Pré-Escolar e Centro de Atividades de Tempos Livres; na terceira idade tem Centro de Dia, Estrutura Residencial e Serviço de Apoio Domiciliário; na deficiência tem Centro de Atividades Ocupacionais e Lar Residencial.

Funcionários infetados em centro social de Famalicão

Como os funcionários são de valências diferentes e “não há ligação entre eles”, a instituição não consegue “perceber de onde vem esta cadeia de infeção”.

“[Os funcionários infetados] não estão em contacto entre eles, cada casa tem a sua independência”, refere a fonte, acrescentando que “nenhum” deles contactou com o pároco Manuel Joaquim Fernandes, também ele infetado.

Foi, aliás, após notícia de padre ter testado positivo à covid-19 que todos os funcionários foram testados, acabando por revelar vários infetados.

“Estamos a tentar perceber o que se está a passar”, sublinha a diretora técnica.

Entretanto, todos os utentes das estruturas residenciais começaram hoje a ser testado, foram suspensas as visitas ao lar, bem como a atividade das restantes valências, como a creche.

Padre em Famalicão infetado com covid-19

“Fechamos as respostas, algumas das quais já estavam em redução de horário devido ao encerramento do ano letivo, como a parte da infância. A direção, juntamente com a delegação de saúde, achou por bem encerrar já a parte de infância e centro de atividades. E pedir às famílias que possam colaborar no serviço apoio domiciliário”, explica a fonte, sublinhando que os espaços já estão a ser desinfetados.

Na semanada passada, O Centro Social Paroquial de Ribeirão comunicou que o seu presidente, monsenhor Manuel Joaquim Fernandes, se encontrava infetado.

Consequentemente, a instituição “decidiu por sua iniciativa realizar exames/testes a todos os seus colaboradores em serviço de funções”.

Esses testes acabariam por revelar vários infetados, confirmados hoje pelo Centro.

Continuar a ler

Ave

Funcionários infetados em centro social de Famalicão

Covid-19

em

Foto: Centro Social Paroquial de Famalicão

O Centro Social Paroquial de Ribeirão, em Famalicão, registou casos positivos de covid-19 em alguns funcionários, depois de o pároco Manuel Joaquim Fernandes ter sido infetado.

“A Direção do Centro Social Paroquial de Ribeirão vem comunicar que, no âmbito do atual cenário de casos de doença COVID-19 na comunidade próxima da Instituição, decidiu por sua iniciativa realizar exames/testes a todos os seus colaboradores em serviço de funções.

Na sequência destes testes, verificaram-se casos de contágio da doença COVID-19, nalguns colaboradores da Instituição”, refere a instituição.

O Centro acrescenta que já foram tomadas as medidas preventivas recomendadas pela DGS e implementado o Plano de Contingência para garantir a segurança de utentes e colaboradores.

Padre em Famalicão infetado com covid-19

Todos utentes das estruturas residenciais começam hoje a ser testados “em colaboração com os serviços de saúde competentes”.

“As atividades das restantes respostas sociais foram suspensas, estando na resposta do serviço de apoio domiciliário a ser assegurado a alimentação nos casos de utentes com falta de retaguarda familiar”, explica nota da instituição, acrescentando que já foram contratados “os serviços de uma entidade especializada, a qual já está a efetuar a desinfeção nas instalações das diferentes respostas sociais”.

Continuar a ler

Ave

Carro arde na A7 em Famalicão

Incêndio rodoviário

em

Foto: Sara Lafuente

Uma viatura ficou destruída pelas chamas de um incêndio rodoviário que deflagrou ao final da tarde desta quarta-feira, na A7, em Famalicão.

Para o local, ao quilómetro 31, em Oliveira Santa Maria, foram mobilizados cinco operacionais dos Bombeiros de Riba de Ave apoiados por uma viatura.

Apesar da pronta chegada dos bombeiros, o incêndio acabou por tomar o veículo, deixando-o totalmente destruído.

Desconhece-se o motivo da ignição das chamas.

O destacamento de trânsito da GNR registou a ocorrência.

O trânsito esteve condicionado no sentido Guimarães-Famalicão.

O alerta foi dado às 19:32.

Continuar a ler

Populares