Seguir o O MINHO

Braga

Bombeiros de todo o lado voltam a Braga para subir os 566 degraus do Bom Jesus com 25 quilos às costas

Bombeiro de Elite só se realiza no final de setembro, mas já conta com mais de 300 inscrições. 25% chegam do estrangeiro

em

A dois meses da realização da terceira edição da prova Bombeiro de Elite, em Braga, a iniciativa contabilizada já 300 inscrições. É o espelho do sucesso desta competição que consiste na subida do Escadório do Bom Jesus do Monte, com mais de 25 quilos de equipamento de protecção individual (fardamento de combate a incêndios urbanos).

Um quarto dos inscritos são de nacionalidade estrangeira, o que, de acordo com a organização, atesta bem a internacionalização desta prova, promovida pela Associação Nacional de Bombeiros Profissionais.

Segundo o dirigente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, também operacional da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga, “o Bombeiro de Elite, na sua terceira edição, a 28 de Setembro, um sábado, será uma das provas mais concorridas a nível mundial”.

Ricardo Fernandes, citado no comunicado enviado às redações, revela que “já dentro das próximas semanas surgirão cada vez mais inscrições, e teremos a capacidade de continuar a receber mais participantes, no limite podemos chegar perto dos 600 atletas, dada a colaboração de entidades oficiais e de empresas particulares”, em que este ano o patrocinador principal é o Grupo Empresarial JC Group, sediado em Braga.

A prova divide-se em sete escalões etários, femininos e masculinos, com o objectivo de percorrer 615 metros, no escadório que tem um desnível positivo de 116 metros, com 566 degraus, onde todos os participantes terão de envergar o Equipamento de Protecção Individual (EPI) completo com as botas de fogo e Aparelho Respiratório Isolante de Circuito Aberto (ARICA), no menor tempo possível.

“Continua a ser assim mais justa a classificação de cada um dos concorrentes, isto em função da sua idade, como foi sugerido por outro organizador, José Sousa, da ADN / Organização de Eventos Desportivos”, referiu ainda Ricardo Fernandes.

A primeira edição do Bombeiro de Elite teve lugar em 07 de outubro de 2017, sendo, na altura, a primeira prova em Portugal tendo como pano de fundo um monumento nacional.

Este ano, a prova vai realizar-se no dia 28 de Setembro, no Bom Jesus do Monte, em Braga, classificado recentemente como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Sobre a escolha deste espaço icónico de Braga, o dirigente nacional da ANBP considera que a opção feita há três anos “demonstra que o lugar não foi escolhido ao acaso. Tínhamos a certeza que era uma questão de tempo e neste momento enche-nos de alegria, mas também de orgulho por ser actualmente a única prova no Mundo realizada num local com esta classificação”.

A prova conta ainda com a colaboração da Câmara Municipal de Braga, da ADN / Organização de Eventos Desportivos, Confraria do Bom Jesus e da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga, para além de outras entidades e de muitas empresas prestigiadas que já se associaram a este evento.

Anúncio

Braga

Homem mata mulher a tiro em Braga

Violência doméstica

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Uma mulher de 54 anos morreu esta sexta-feira em Braga vítima de um tiro de arma de fogo disparado pelo próprio marido.

O homem terá disparado sobre a mulher dentro da residência, localizada na rua da Bugide, freguesia de Pedralva.

Dirigiu-se esta noite ao posto territorial do Sameiro (GNR) onde confessou a autoria do crime.

Ao local acorreu uma ambulância INEM e a VMER de Braga, tendo confirmado o óbito da mulher.

O homem, de 59 anos, encontra-se sob custódia policial. Desconhecem-se ainda os motivos do crime.

Este é já o segundo caso de morte entre casais no distrito de Braga no espaço de seis dias.

No passado domingo, um homem matou a companheira em Gondifelos, Famalicão, pondo termo à vida de seguida.

Continuar a ler

Braga

“Pico” nas urgências reteve ambulâncias no Hospital de Braga. Situação já normalizou

Bombeiros revoltados

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Ambulâncias de várias corporações de bombeiros da região de Braga ficaram esta tarde de sexta-feira retidas durante mais de uma hora junto das urgências do Hospital de Braga, face ao tempo de espera na triagem.

Ao que O MINHO apurou junto de várias corporações da região de Braga, algumas ambulâncias chegaram mesmo a esperar mais de uma hora enquanto os doentes ficavam em macas no serviço de urgências, à espera de serem atendidos na triagem.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Fonte da unidade hospitalar disse a O MINHO que a situação se encontra normalizada, tendo existido um “pico” durante esta tarde, face a algumas situações de última hora que “atrasaram” as ambulâncias.

A mesma fonte indica, contudo, que tem sido dada “prioridade máxima” às macas que chegam nas ambulâncias, de forma a “libertar” as viaturas que são necessárias em outras ocorrências, não podendo ficar “à espera” naquele serviço.

Ao que O MINHO apurou ao final da tarde desta sexta-feira, a situação já se encontra normalizada.

Continuar a ler

Braga

Braga reordena estacionamento em rua do centro da cidade

Na Rua São Geraldo

em

Foto: Divulgação / CM Braga

O estacionamento na rua de São Geraldo, no centro da cidade de Braga, foi reordenado durante o mês de agosto, informou esta sexta-feira a autarquia local.

A intervenção consistiu na a diminuição do número de lugares reservados, revisão da sinalética e pintura das marcações de lugares existentes.

Segundo o vereador João Rodrigues, a intervenção teve como objetivo “assegurar o interesse e o bem-estar dos moradores da Rua de São Geraldo que, de forma empenhada, organizada e participativa, fizeram chegar à União de Freguesias e, posteriormente à Câmara de Braga, todas as suas preocupações”.

Assim, foi reduzido o número de lugares afetos à Junta de Freguesia e implementadas duas zonas ‘Kiss and Go’ junto dos dois estabelecimentos de ensino existentes, podendo agora os moradores estacionar no período noturno.

Foi ainda reduzido em cinco vagas os lugares cativos existentes, libertando esse espaço para estacionamento normal.

“Esta é uma artéria importante na circulação dentro da cidade onde existia uma cativação de lugares excessiva. Depois de reunirmos com os moradores e a União de Freguesias chegámos à conclusão de que esta seria uma solução adequada e pragmática para a reordenação do estacionamento na Rua São Geraldo”, justifica João Rodrigues.

O vereador responsável pela Gestão e Conservação do Espaço Público recorda que o Município de Braga tem vindo a realizar “um conjunto de intervenções com um impacto enorme no dia-a-dia dos bracarenses”.

“Sempre que arranjamos uma rua, procedemos à reparação de um passeio, pintamos um lugar de estacionamento, sinto as pessoas gratas e verifico a importância destes pequenos gestos. São, muitas vezes, as obras e intervenções com maior significado”, conclui João Rodrigues, notando que a principal preocupação do Município é o “bem-estar dos bracarenses, garantindo o conforto, facilidade e acessibilidade na cidade”.

Continuar a ler

Populares