Seguir o O MINHO

Desporto

Boly garante foco do Sporting de Braga no Estoril

em

O defesa-central Boly disse esta quarta-feira que o foco do Sporting de Braga está apenas no jogo com o Estoril, no sábado, da quarta jornada da Liga de futebol, e não no da Liga Europa, na próxima semana.


Os bracarenses jogam em casa do Estoril no sábado, partida que antecede a estreia na Liga Europa, poucos dias depois (quinta-feira, 17 de setembro), na República Checa, diante do Slovan Liberec, mas Boly garante foco total no jogo do campeonato.

“Todos os jogos são importantes e, no futebol, o próximo é que é mais importante, esperamos ir ganhar ao Estoril”, disse antes do treino da tarde dos bracarenses.

Titular no último jogo, diante do Boavista (vitória por 4-0), depois da saída de Santos para o Valência, Boly esteve em destaque defensiva e ofensivamente, sendo autor de uma assistência para Crislan, que resultou no terceiro golo do Braga.

Boly, de 23 anos, chegou na época passada ao Sporting de Braga, mas jogou essencialmente na equipa B dos minhotos, e questionado sobre se sair a jogar desde a defesa é uma das suas características, o francês respondeu que “depende do jogo”.

“Estava a dizer ao Crislan que a equipa do Boavista estava curtinha e às vezes é importante solicitar a profundidade, é isso que o treinador quer”, explicou.

O jogador não acusou a responsabilidade de substituir o central brasileiro nem o nervosismo de ser titular.

“Não, estava pronto para jogar e já joguei na França, sou um jogador profissional. O Santos foi embora, teve essa sorte, espero que seja bom para ele e eu estou a trabalhar no Braga e tenho que estar sempre pronto para jogar”, afirmou.

Considerou ainda que o plantel ainda não está completamente adaptado à dinâmica de treino de Paulo Fonseca: “acho que não, mas estamos no caminho que ele quer e todos os dias trabalhamos para melhorarmos no jogo.”

Do treino desta quarta-feira, nota para a reintegração de Djavan e Baiano a 100 por cento depois de debelarem pequenos problemas físicos e para o facto do médio Vukcevic só treinar na quinta-feira, já que só chegou ao final da tarde de quarta, depois de ter representado a seleção de Montenegro.

Anúncio

Futebol

FC Porto vence Fabril e apura-se para quarta eliminatória da Taça

Taça de Portugal

em

Foto: Arquivo

O FC Porto confirmou hoje o favoritismo e apurou-se para a quarta eliminatória da Taça de Portugal em futebol, ao vencer em casa do Fabril, do Campeonato de Portugal, por 2-0.

O atual detentor do troféu chegou ao intervalo já em vantagem, depois de o espanhol Toni Martinez, aos 45+1, ter inaugurado o marcador, tendo o iraniano Mehdi Taremi, no arranque da segunda parte (51), ampliado a vantagem.

A quarta eliminatória da Taça de Portugal está agendada para o fim de semana de 12/13 de dezembro.

Continuar a ler

Desporto

Miguel Oliveira enfrenta qualificação para o GP de Portugal de MotoGP

Motociclismo

em

Foto: DR

O português Miguel Oliveira (KTM) enfrenta hoje a sessão de qualificação para o Grande Prémio de Portugal de MotoGP, que se disputa no domingo no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

Para hoje, estão previstas mais duas sessões de treinos livres, a FP3 e FP4, e a qualificação, dividida em duas partes.

Os 10 pilotos mais rápidos da terceira sessão de treinos livres (FP3) passam diretamente para a Q2, a segunda parte da Qualificação, aos quais se juntam os dois mais rápidos da primeira parte da qualificação, a Q1.

O GP de Portugal é a 14.ª e última prova da temporada do Mundial de Velocidade em motociclismo, com três categorias em disputa, MotoGP, Moto2 e Moto3.

Após 13 corridas realizadas, Miguel Oliveira ocupa a décima posição do campeonato de MotoGP, com 100 pontos.

Programa

Sábado, 21 novembro

Moto3: Treinos livres 3 09:00 – 09:40

MotoGP: Treinos livres 3 09:55 – 10:40

Moto2: Treinos livres 3 10:55 – 11:35

Moto3: Qualificação 1 (Q1) 12:35 – 12:50

Moto3: Qualificação 2 (Q2) 13:00 – 13:15

MotoGP: Treinos livres 4 13:30 – 14:00

MotoGP: Qualificação 1 (Q1) 14:10 – 14:25

MotoGP: Qualificação 2 (Q2) 14:35 – 14:50

Moto2: Qualificação 1 (Q1) 15:10 – 15:25

Moto2: Qualificação 2 (Q2) 15:35 – 15:50

Continuar a ler

Futebol

Famalicão na quarta eliminatória da Taça de Portugal

Taça de Portugal

em

Foto: Arquivo

O Famalicão venceu hoje o Oriental 3-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol, e garantiu a passagem à próxima fase da prova, num jogo em que os golos surgiram na segunda parte.

Apesar do domínio ao longo dos 90 minutos, a equipa da I Liga apenas começou a construir a vitória no segundo tempo, com o golo de Gil Dias (50). Marcelo Trotta (69) e Diogo Queirós (86) marcaram os outros golos do encontro.

Desde o apito inicial que ficou bem visível a maior qualidade do Famalicão, muito por influência da segurança trazida por Gustavo Assunção no setor do meio campo e a irreverência de Valenzuela no flanco direito.

O argentino deixou a ‘cabeça em água’ a Bruno Simão nos primeiros 45 minutos, com excelentes combinações com o compatriota Joaquín Pereyra, mas foi já no segundo tempo que mais uma iniciativa sua resultou no golo inaugural do jogo.

Aos 50 minutos, Valenzuela recebeu no flanco direito, fletiu para o miolo e, após um ressalto, a bola acabou por chegar ao pé esquerdo de Gil Dias, hoje a jogar a lateral, que ‘fuzilou’ Hugo Mosca e colocou os famalicenses na frente do marcador.

O Oriental, último classificado da série G do Campeonato de Portugal, procurou reagir à desvantagem, mas foi sempre o Famalicão a estar por cima no jogo e a poder aumentar a vantagem.

Aos 68 minutos, Jaime ficou perto do segundo, num remate que saiu a rasar o poste e, segundos depois, na sequência de um canto, Gil Dias assistiu e Marcelo Trotta fez o 2-0 para a equipa de João Pedro Sousa, colocando um ponto final nas esperanças dos orientalistas.

Já depois de Luiz Júnior ter feito a defesa do jogo na baliza do Famalicão, Diogo Queirós, aos 86, colocou também o nome na lista de marcadores e fez o 3-0 para os visitantes, novamente na sequência de um canto e em que o defesa português apareceu ao segundo poste a finalizar, já com o Oriental de ‘braços caídos’.

Ficha de Jogo

Jogo no Campo Engenheiro Carlos Salema, em Lisboa.

Oriental – Famalicão, 0-3.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Gil Dias, 50 minutos.

0-2, Marcelo Trotta, 69.

0-3, Diogo Queirós, 86.

Equipas:

– Oriental: Hugo Mosca, Bruno Simão, Marinheiro, Caminata (Rafa Pinto, 69), Rafa Santos (Camará, 79), Douglas (Hélio Roque, 79), Dudu, Tomás Silva, Varudo (Ruben Gouveia, 69), David Crespo (Márcio Augusto, 64) e Ruizinho.

(Suplentes: Guerreiro, Ruben Gouveia, Fati, Rafa Pinto, Márcio Augusto, Hélio Roque e Camará).

Treinador: Rui Gregório.

– Famalicão: Luiz Júnior, Babic, Jhonata da Silva (Trevisan, 84), Gustavo Assunção, Jaime (Bruno Jordão, 74), Joaquín Pereyra (Guga, 82), Carlos Valenzuela, Diogo Queirós, Herrera, Gil Dias (Jorge Ferreira, 84) e Marcelo Trotta (Daniel Moreno, 84).

(Suplentes: Zlobin, Daniel Moreno, Trevisan, Guga, Riccieli Júnior, Bruno Jordão e Jorge Ferreira).

Treinador: João Pedro Sousa.

Árbitro: Hugo Miguel (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para David Crespo (59), Tomás Silva (72), Babic (77) e Daniel Moreno (86).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Continuar a ler

Populares