Seguir o O MINHO

Barcelos

“Bolas” acusado de tentativa de extorquir 100 mil euros a casal

em

Foi detido a 13 de maio de 2016, junto ao McDonald's, em Barcelos. Foto: DR/Arquivo

Um operário químico conhecido como “Bolas” foi acusado, pelo Ministério Público de Braga, por alegada tentativa de extorsão de 100 mil euros a um casal de Barcelos, o que só terá sido evitado graças a uma pronta intervenção da GNR, que na ocasião o deteve em flagrante delito, nos arredores de Barcelos.

Nuno Alexandre Grade Rodrigues de Sousa, de 47 anos, casado, residente na cidade de São Mamede de Infesta, em Matosinhos, é acusado de dois crimes de extorsão na forma tentada e por posse de uma arma proibida, na sequência da sua detenção, em 13 de maio de 2016, junto ao Mc’Donalds, em Barcelos, quando supostamente esperaria a entrega de 100 mil euros, por um casal, a quem vinha ameaçando e exigindo dinheiro.

O arguido, que nunca prestou declarações para dar a sua versão sobre as suspeitas, teria, na segunda semana de maio de 2016, feito uma espera à mulher de um seu conhecido ao qual responsabilizava, por “ter desgraçado a minha vida”, tal como um sócio do marido, um tal Pedro Bastos, segundo refere a acusação agora proferida pelo Ministério Público.

 

Julgamento decorrerá no Palácio da Justiça de Braga

A abordagem ocorreu, segundo investigações da GNR de Barcelos, junto de uma escola primária, em Barcelinhos,ocasião em que “Bolas” terá exigido 100 mil euros à mulher e a seguir telefonado para o local de trabalho do marido, reiterando as mesmas exigências, dizendo, ainda, que se não recebesse essa quantia, “vai ser a Nossa Senhora para todos”.

Não tivesse sido o Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Barcelos a atuar rápido e bem, o caso poderia ter outras consequências, havendo escutas telefónicas e um conjunto de indícios fortes contra o arguido, segundo relatórios de investigação criminal então elaborados pelo sargento Sá e do cabo Rosendo, da Guarda Nacional Republicana.

O casal, que levou muito a sério tais ameaças, receando principalmente pela integridade dos seus filhos, deu conta do sucedido à GNR de Barcelos, cujo Núcleo de Investigação Criminal deteve o suspeito no parque de estacionamento do Mc Donalds, em Barcelos, quando supostamente contaria receber os 100 mil euros, apreendendo-lhe uma soqueira.

Populares