Seguir o O MINHO

Região

Bloco questiona Governo sobre “nova doença” que afeta os castanheiros

Assembleia da República

em

Foto: DR / Arquivo

O Bloco de Esquerda quer saber se o Governo está a acompanhar o aparecimento de uma nova doença que está a afetar gravemente os castanheiros e se está a fazer o levantamento dos prejuízos provocados na região do Minho e Alto Minho, anunciou hoje o partido.

De acordo com o BE, em causa está o aparecimento de uma doença conhecida por “podridão da castanha”, provocada pelo fungo gnomoniopis castanea, que, de acordo com o especialista e docente na UTAD, José Gomes Laranjo, ainda não há um tratamento para o fungo devido à falta de estudos sobre a biologia do fungo que provoca a podridão da castanha e sobre o seu tratamento, sublinhando que em Itália a produção de castanha sofreu quebras de 70% a 80%.

No documento entregue na Assembleia da República, os deputados do Bloco de Esquerda eleitos pelo Minho, José Maria Cardoso e Alexandra Vieira, afirmam que “os produtores de castanha encontram-se numa situação desesperante, pois não existe uma estratégia de ação nem medidas de proteção fitossanitária eficientes para esta cultura e adequadas à sua realidade atual”.

“Muitos deles vivem, em consequência, uma situação de insustentabilidade da sua atividade e merecem o apoio do Estado de forma a conseguirem ultrapassar a perda de rendimentos da cultura e a responder eficientemente a este complexo de pragas e doenças, tornando os seus sistemas culturais mais resilientes”, acrescentam.

Por isso, os bloquistas querem saber “que medidas pensa o Governo tomar para compensar as perdas destes agricultores e que medidas prevê o Governo tomar para apoiar os produtores de castanha na prevenção e combate a estes problemas fitossanitários no futuro”.

Anúncio

Braga

Braga: Conhecido o vencedor do concurso de fotografia sobre o Bom Jesus

Mais de 50 inscritos

em

Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de Braga anunciou, esta terça-feira, que Carlos Júlio da Costa Teixeira foi o grande vencedor do XVI Concurso Municipal de Fotografia, que teve como tema “O Bom Jesus do Monte – Património Mundial da Humanidade”.

O júri decidiu, também, atribuir Menções Honrosas aos concorrentes Marcelo Gonçalves Marques e José Gomes Peixoto.

Da mesma forma, foi atribuído o Prémio Especial do Júri ao concorrente João Manuel Morais Vilares, considerando que a foto distinguida revelava singularidade e sentido estético estimulando a observação. O júri, também por unanimidade, decidiu renovar o voto de reconhecimento e louvor à participação no concurso dos utentes do Centro D. João Novais e Sousa, instituição que acolhe e apoia Pessoas com deficiência mental e cuja participação vem conferindo a esta iniciativa uma verdadeira dimensão social, genuinamente inclusiva.

Esta edição do concurso de fotografia decorreu nos dias 13 a 15 de dezembro. A habitual exposição pública decorrerá na Fonte do Ídolo. Os trabalhos estarão patentes entre os dias 20 de fevereiro e 20 de março.

A XVI Edição do Concurso Municipal de Fotografia (2019) teve como tema “O Bom Jesus do Monte – Património Mundial da Humanidade”, na perspectiva da captação de imagens alusivas ao monumental conjunto arquitectónico, escultórico, natural e paisagístico que compõem o Santuário do Bom Jesus do Monte, com a sua grandiosidade, a sua diversidade cultural e a sua longa e complexa história. Simultaneamente, convidou à imaginação e ao olhar peculiar dos concorrentes a retratar a integridade, a autenticidade, as particularidades únicas e o valor universal excepcional que consagra o Bom Jesus do Monte como património de toda a humanidade.

O júri do concurso integrou como membros o representante da Associação “Encontros de Imagem”, Carlos Fontes, o Fotógrafo Profissional Hugo Delgado e o Vereador do Pelouro da Regeneração Urbana e Património Cultural, Miguel Bandeira.

Desenvolvido pelo Município de Braga, esta iniciativa visou essencialmente reconhecer e homenagear a atribuição da classificação do Santuário do Bom Jesus do Monte como Património Cultural Mundial da UNESCO.

Continuar a ler

Famalicão

Roubam 20 mil euros de equipamento de som de carrinha em Famalicão

Banda “Terceira Dimensão”

em

Foto: Facebook do Grupo Terceira Dimensão

A carrinha da banda “Terceira Dimensão” foi assaltada na madrugada desta segunda-feira, em Arnoso Santa Maria avançou a Cidade Hoje.

Para o furto, os criminosos desmontaram um vidro do veículo, que se encontrava carregado com equipamento musical variado, pertencente à banda e estacionado perto da igreja paroquial de Arnoso.

Um post criado pela banda no Instagram lista em detalhe a marca e modelo dos aparelhos furtados.

Segundo a mesma publicação, um membro do grupo terá estimado o valor do material desparecido em 20 mil euros.

 

 

Continuar a ler

Braga

Apanhado a furtar gasóleo de camião em Braga

Em Esporões

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem, de 43 anos, foi detido em flagrante delito pela GNR quando furtava gasóleo de um veículo pesado, em Esporões, Braga.

Em comunicado enviado a O MINHO, a GNR dá conta da detenção, ocorrida na segunda-feira, depois de um alerta dado pela empresa de segurança responsável por aquele parque, “aquando da ativação do alarme de intrusão”.

Os militares deslocaram-se ao local e apanharam o indivíduo em flagrante delito, quando este se preparava para retirar o gasóleo do depósito de um veículo pesado de mercadorias, recorrendo a uma mangueira.

“No seguimento das diligências policiais foram apreendidos os recipientes e a mangueira utilizados para furtar o combustível”, informa a GNR.

O indivíduo, que está referenciado como consumidor de estupefacientes, foi constituído arguido e os factos participados ao Tribunal Judicial de Braga.

Continuar a ler

Populares