Seguir o O MINHO

Região

Bispos pedem cemitérios abertos no Dia de Todos os Santos

Covid-19

em

Foto: DR

O Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) pediu, na segunda-feira, que os cemitérios nacionais permaneçam abertos durante os dias 01 e 02 de novembro, data em que se celebra o Dia de Todos os Santos e o Dia dos Fiéis Defuntos.

Numa nota publicada no site da Arquidiocese de Braga, os bispos portugueses lembram que “não depende da Igreja a gestão da grande maioria dos cemitérios nacionais”, mas esperam que “as autarquias e entidades que os tutelam saberão interpretar as exigências do bem comum encontrando um justo, mas difícil equilíbrio entre os imperativos de proteger a saúde pública e o respeito pelos direitos dos cidadãos”.

Os bispos recomendam, no entanto, “que se imponham medidas suplementares de proteção”, como o uso obrigatório de máscara, colocação de dispensados de álcool-gel e o controlo no número de entradas em simultâneo.

A CEP relembra que, no dia 01, é um domingo e feriado nacional, pelo que, tradicionalmente, se dá “uma romagem de fé e esperança aos cemitérios” onde “muitas famílias enlutadas neste período nem sequer puderam acompanhar adequadamente os seus entes queridos em exéquias muitas vezes celebradas, como diz o Papa Francisco, de um modo que fere a alma”.

Os bispos pedem ainda que os horários sejam “mais convenientes à comunidade” para evitar “ocasiões de maior aglomeração de pessoas”.

Populares