Seguir o O MINHO

Região

Biqueirão apreendido em Matosinhos alimenta utentes de lares em Braga e Guimarães

Pesca ilegal

em

Foto: Divulgação / GNR

As IPSS do centro social padre David de Oliveira, em Ruilhe, concelho de Braga, e da Associação Mundo Livre, em Sande, concelho de Guimarães, vão ter biqueirão para comer durante alguns dias.

Estas duas IPSS foram contempladas com uma parte de 3.700 quilos de biqueirão que foram apreendidos durante a manhã desta sexta-feira, numa ação de fiscalização da GNR, no porto de pesca da Matosinhos. A informação foi avançada a O MINHO por fonte oficial do Destacamento de Controlo Costeiro da GNR.

Refere aquela unidade especial que esta apreensão deu-se durante uma ação de fiscalização com “o objetivo de controlar o cumprimento das regras de descarga, transporte, comercialização e regime de primeira venda de pescado fresco”.

Durante a ação, os militares da guarda detetaram 3.700 quilos de biqueirão que não cumpria as regras de captura e de comercialização.

“Foi elaborado o respetivo auto de noticia por contraordenação, sendo esta infração punível com coima até 75.000 euros”, esclarece aquela força militar.

Por ser considerado próprio para consumo, após devida análise higiossanitária, o pescado foi entregue a diversas instituições de solidariedade social do distrito do Porto e às duas já mencionadas, no distrito de Braga.

EM FOCO

Populares