Seguir o O MINHO

Guimarães

Bienal de Ilustração de Guimarães dá Prémio de Carreira ao ‘designer’ Jorge Silva

Anunciou hoje a organização

em

A Bienal de Ilustração de Guimarães (BIG) 2019 vai distinguir, com o Prémio Carreira, o “artista multifacetado Jorge Silva”, criador, em 2003, da ‘sardinha’ que se tornou “a genuína imagem de Lisboa”, anunciou hoje a organização, em comunicado.

Foto: Divulgação / CM Guimarães

A BIG, que decorre de 12 de outubro a 31 de dezembro, é uma iniciativa da Câmara Municipal de Guimarães, com o objetivo de “dignificar o papel dos ilustradores no desenvolvimento cultural, no campo da edição, livros, revistas, jornais, cartazes, suportes clássicos de comunicação de massas e no domínio das novas tecnologia”.

O galardão é constituído por um diploma e um valor pecuniário de 10 mil euros, e o artista terá uma exposição dos seus trabalhos “mais representativos” — “As Sete Vidas do Senhor Silva” –, no Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), com inauguração a 12 de outubro, onde ficará patente até ao próximo dia 31 de dezembro.

Segundo a organização, “Jorge Silva é um homem dos jornais e com eles ganhou, entre 2000 e 2004, 40 prémios da americana SND, Society for News Design, pelo seu trabalho como designer e diretor de arte [nos jornais] O Independente e Público”.

Da carreira do artista, a BIG destaca a “paixão de uma vida inteira, a ilustração editorial, que aprendeu no [jornal] ‘trotsquista’ Combate, ao longo dos anos 80 e 90”, e que lhe tem “trazido muitas alegrias, prémios, curadorias, e um blog, o Almanaque Silva, onde escreve histórias bizarras sobre a ilustração portuguesa”.

A BIG lembra ainda que Jorge Silva “inventou em 2003 uma sardinha que se tornou ao longo dos anos a genuína imagem de Lisboa, cidade onde nasceu há 61 anos”, e que tem “contribuído para a criação e desenvolvimento de marcas culturais da vida lisboeta”.

Em 2019, além do Prémio Carreira, a BIG promove outras ações, como o Prémio Nacional BIG, “A Teia da Ilustração”, ciclo de palestras dedicadas à ilustração, e o Prémio Especial BIG Ensino, destinado aos alunos de Artes Visuais do 12.º ano das Escolas Secundárias do Concelho de Guimarães e aos alunos do Ensino Superior, que frequentem cursos de licenciatura e mestrado em Escolas de Guimarães.

Anúncio

Guimarães

Carro arde em Guimarães

Creixomil

em

Foto: André Ferreira

Uma viatura começou a arder na estrada, esta quinta-feira, na variante de Creixomil, em Guimarães, adiantou a O MINHO fonte dos bombeiros.

O alerta foi dado pelas 15:16 e para o local foram destacados os  Bombeiros de Guimarães  com uma viatura de socorro e cinco operacionais.

Apesar dos danos materiais, da ocorrência não resultaram feridos.

Continuar a ler

Guimarães

Trabalhadores da Herdmar, em Guimarães, reivindicam 850 euros de salário e 35 horas semanais

Reclamando aumentos salariais de 90 euros mensais e redução para as 35 horas de trabalho semanais

em

Foto: dstrenovaveis.com / DR

Os trabalhadores da Herdmar, em Guimarães, vão reunir-se esta tarde em plenário para decidir o recurso à greve”, reclamando aumentos salariais de 90 euros mensais e redução para as 35 horas de trabalho semanais, disse fonte sindical.

Em declarações à Lusa, o dirigente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Norte (SITE-N), Joaquim Costa, explicou que haverá ainda uma concentração frente à empresa, dedicada ao fabrico de cutelarias.

Segundo referiu, “os trabalhadores exigem um aumento de três euros por dia, que dá 90 por mês, e a atualização para 850 euros do salário inicial em vez do salário mínimo nacional”.

Os trabalhadores querem ainda a “redução para as 35 horas de trabalho semanais”.

“Vai haver um plenário e uma concentração frente à empresa. Em cima da mesa está o recurso à greve. Esta é uma empresa que tem clientes de luxo, que pode e não se entende que não atenda às reivindicações dos trabalhadores”, disse.

Outro objetivo, disse, “é que seja desbloqueada a negociação dos acordos coletivos de trabalho”, que, disse, “a empresa está a bloquear.

A Herdmar aumentou 25 euros aos salários para o ano de 2020 mas, segundo explicou, “foi no seguimento do cumprimento de um requisito legal”.

Continuar a ler

Guimarães

Habitante mais velha de Guimarães morre aos 106 anos

Milinha do Pedra

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães (Arquivo)

Emília Fernandes Rocha, conhecida por ser a habitante mais velha do concelho de Guimarães, morreu esta madrugada, aos 106 anos.

“Milinha do Pedra”, como era conhecida, nasceu a 05 de novembro de 1913, viveu no tempo das duas grandes guerras mundiais e passou por diversos regimes políticos, embora nunca tenha vivido em monarquia.

Na altura do 106.º aniversário, Domingos Bragança, presidente da Câmara de Guimarães, foi uma das presenças na festa da supercentenária, que teve lugar em Arosa, freguesia onde a mulher que nasceu antes da I Guerra Mundial juntou “familiares e amigos, num ambiente de festa e boa disposição”, como destacou a autarquia na sua página na rede social Facebook.

Era um exemplo notável de longevidade, como ficou registado numa reportagem realizada em novembro de 2019, pelo Grupo Santiago.

Milinha vai a sepultar esta sexta-feira, no cemitério paroquial de Arosa, em Guimarães. As cerimónias religiosas iniciam pelas 16:00 horas, naquela igreja paroquial.

Continuar a ler

Populares