Seguir o O MINHO

Futebol

Benfica vence e continua líder – resumo

29.ª jornada da I Liga

em

O Benfica segurou hoje a liderança da I Liga portuguesa de futebol, em igualdade com o FC Porto, ao vencer em casa o Vitória de Setúbal, por 4-2, em jogo da 29.ª jornada.

No Estádio da Luz, em Lisboa, Rafa (02 e 36 minutos), João Félix (56) e Seferovic (67), melhor marcador do campeonato, com 19 golos, fizeram os tentos do Benfica, que ainda viu Pizzi desperdiçar uma grande penalidade (29). Nuno Valente (39) e Jhonder Cádiz, de grande penalidade (88), marcaram para os sadinos.

Um dia depois de o FC Porto ter ascendido provisoriamente ao comando no sábado, ao vencer no terreno do Portimonense (3-0), o Benfica somou a quarta vitória seguida e atingiu também os 72 pontos, tendo vantagem no confronto direto com os ‘dragões’.

O Vitória de Setúbal, que vinha de dois triunfos consecutivos, caiu para o 13.º lugar, com 31 pontos, menos um do que Boavista e Portimonense e quatro acima da zona de despromoção.

Anúncio

Futebol

Organização “confiante” em ‘final four’ da Taça da Liga sem incidentes em Braga

“Uma festa onde se possa estar em família”

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

O presidente da Liga de clubes garantiu hoje que a manifestação de polícias prevista para a ‘final four’ da Taça da Liga de futebol, a realizar-se em Braga na próxima semana, não põe em causa a segurança.

“Não, de todo. [essa manifestação de polícias] Só é bem demonstrativa de que a ‘final four’ já é, hoje, uma referência que até é utilizada para esses eventos e esses reconhecimentos”, respondeu Pedro Proença, quando questionado se o esquema de segurança poderia estar em causa.

O líder da Liga frisou que “esta competição está a ser preparada há mais de 300 dias pela Liga Portugal e, também, pelos responsáveis da Polícia de Segurança Pública”.

“Por isso, estamos muito confiantes que seja uma ‘final four’ sem qualquer tipo de incidentes”, reforçou, à margem da inauguração da ‘fan zone’, no centro da cidade minhota.

Pedro Proença não quis comentar o pedido de uma reunião de urgência ao ministro da Administração Interna, na sequência dos incidentes no encontro entre Sporting e Benfica, sexta-feira, da 17.ª jornada da I Liga, que os ‘encarnados’ venceram por 2-0, preferindo destacar que a ‘final four’ da Taça da Liga “é uma competição de festa e de inclusão, de apelo às famílias”.

“É disto que queremos fazer o futebol, uma festa onde as pessoas possam estar e festejar”, disse.

O líder da Liga de clubes deixou ainda uma palavra de agradecimento a Braga, que acolhe pelo terceiro ano consecutivo, e último, a fase final da competição.

Continuar a ler

Futebol

Famalicão contrata avançado ex-Atlético de Madrid

Mercado de inverno

em

Foto: Twitter

O Famalicão, terceiro classificado da I Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje a contratação de Ruben del Campo, avançado ex-Atlético de Madrid, com um vínculo válido até 2024.

Nascido na Suíça, mas naturalizado espanhol, o atacante, de 19 anos, formou-se no Young Boys e no Atlético de Madrid, por quem disputou a Youth League, e é também internacional pelas seleções jovens da Suíça.

“Fiquei muito satisfeito com o desafio lançado pelo Famalicão. É um clube que está em plano de destaque na Liga Portuguesa e que tem conseguido potenciar muitos jogadores jovens”, disse Del Campo, em declarações reproduzidas pelo canal oficial dos famalicenses.

Continuar a ler

Futebol

Paços “paciente e com grande mobilidade” frente ao Gil Vicente

A partir das 15:00 de domingo

em

Foto: Divulgação

Pepa disse hoje que o Paços de Ferreira encara o Gil Vicente como uma oportunidade de fechar em beleza a primeira volta da I Liga de futebol, definindo “paciência” e “mobilidade” como chaves do jogo da 17.ª jornada.

Na conferência de antevisão do jogo de domingo, o técnico pacense colocou o foco da equipa no campeonato e na vitória frente ao Gil Vicente, acreditando que é possível fechar a primeira volta com 18 pontos.

“Temos aqui uma oportunidade de fecharmos a primeira volta com chave de ouro. A equipa está preparada e sabe o que vai encontrar pela frente: temos de ter bola e muita mobilidade, muita mesmo, paciência, e sermos fortíssimos, também, nos dois momentos de transição, sobretudo na transição defensiva. A grande chave para este jogo é sermos pacientes e termos mobilidade”, disse Pepa.

Para alcançar os três pontos, o técnico do Paços de Ferreira quer uma “equipa com caráter e muita personalidade”, sem revelar “desespero” ou “precipitações”.

“Queremos muito chegar aos 18 (pontos), com tranquilidade, com muita alegria nas pernas e na cabeça, para termos discernimento, para termos critério, para termos boas tomadas de decisão. Se isso acontecer, não tenho dúvidas, estamos mais próximos de ganhar o jogo, contra um adversário muito bem orientado e que está a fazer um campeonato até acima do que muitos pensavam”, sublinhou.

Pepa relativizou, por outro lado, o conhecimento que Vítor Oliveira, responsável pela subida do Paços na época passada, tenha da equipa e o seu contrário, sem deixar passar a oportunidade de elogiar o colega de profissão e o adversário.

“O foco é total no campeonato, naquilo que podemos fazer no adversário, que está a fazer um campeonato até agora, na primeira volta, fantástico em casa, sem derrotas, e a conseguir, também, boas exibições fora de casa. Até por isso, um trabalho – diria – excecional por parte do Vítor (Oliveira). Não é de agora, mas nunca é demais, também, enaltecer e reforçar aquilo que está a fazer no Gil Vicente”, afirmou.

Pepa foi ainda questionado sobre a contratação do defesa brasileiro Marcelo, que em Portugal já representou Rio Ave e Sporting, entre outros clubes, explicando que o central “estava identificado” pelo clube e que o seu ingresso insere-se na política de contratações seguida neste mercado de inverno.

“O Marcelo é um jogador que queríamos, estava identificado, é uma mais-valia e vem para ajudar. Tal como aconteceu com os restantes jogadores contratados, conhece o campeonato e vem acrescentar qualidade a todo o grupo”, concluiu.

Na classificação, o Paços ocupa o 15.º lugar, com 15 pontos, enquanto o Gil Vicente é oitavo, com 21.

As duas equipas defrontam-se na Capital do Móvel, a partir das 15:00 de domingo, num reencontro para a I Liga que já não acontecia desde a temporada 2014/15.

Continuar a ler

Populares