Seguir o O MINHO

Futebol

Benfica perde com Real Madrid na final da UEFA Youth League

Na Suíça

em

Foto: Twitter / UEFA

O Real Madrid sucedeu hoje ao FC Porto como vencedor da UEFA Youth League de futebol, ao derrotar o Benfica na final por 3-2, com os ‘encarnados’ a perderem pela terceira vez no jogo decisivo.


Pablo Rodríguez (26 minutos), Gutiérrez (50) e o ‘benfiquista’ Henrique Jocú (na própria baliza, aos 45), marcaram os golos dos ‘merengues’, com o ‘bis’ de Gonçalo Ramos (49 e 57) a não ser suficiente para o Benfica, que desperdiçou uma grande penalidade, levantar o troféu da competição de juniores pela primeira vez e ‘imitar’ o FC Porto, que venceu a prova na última temporada, ao bater na final o Chelsea.

Esta é a terceira derrota das ‘águias’ na final da UEFA Youth League, depois dos desaires frente ao FC Barcelona, em 2013/14, e ao Salzburgo, na temporada de 2016/17, enquanto o Real Madrid, comandado pelo antigo avançado Raúl González, se estreia a vencer a competição na sua primeira presença na final, disputada hoje no Centro Desportivo de Colovray, em Nyon, na Suíça.

Anúncio

Futebol

Carvalhal tenta sétima vitória consecutiva no campeonato

SC Braga

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador do Sporting de Braga, Carlos Carvalhal, disse hoje esperar um “jogo muito difícil” no terreno do Belenenses SAD, domingo, na nona jornada da I Liga de futebol, mas frisou a ambição de somar os três pontos.

Os bracarenses vão tentar a sétima vitória consecutiva no campeonato, depois do triunfo na Grécia, na quinta-feira, diante do AEK Atenas (4-2), que carimbou a passagem aos 16 avos de final da Liga Europa.

A equipa de Carlos Carvalhal vai defrontar uma equipa que ainda não venceu em casa – a equipa orientada por Petit conta com três empates e uma derrota no Jamor – e só tem uma vitória, alcançada na primeira jornada (1-0 sobre o Vitória de Guimarães), há quase três meses.

“Vamos entrar na máxima força, estamos motivados, focados e muito empenhados para o jogo, sabendo que vamos defrontar um adversário difícil, as equipas do Petit são sempre muito bem organizadas e agressivas no bom sentido”, disse aos meios do clube.

Para o técnico, “a gestão [do plantel] não é uma preocupação.

“Apesar de termos poucos dias, que é algo a que já estamos habituados, vamos estar em condições de discutir os três pontos. Temos um respeito muito grande pelo Belenenses [SAD] e sabemos que se antevê um jogo muito difícil para ambas as equipas, mas estamos com uma união e uma vontade muito grande de vencer, temos de expressar a nossa qualidade e estar muito concentrados”, afirmou.

Carlos Carvalhal reforçou a importância de “recuperar sobre vitórias”.

“Sem dúvida, preparar um jogo sobre vitórias é diferente de preparar um jogo com perda de pontos. Nós, felizmente, temos ganho muitas vezes e a recuperação acaba por ser melhor e mais fácil de se fazer, se é que é fácil nestas circunstâncias. Temos um plantel de boa qualidade e que nos permite fazer uma boa gestão”, disse.

Carlos Carvalhal recordou ainda o recente ciclo de jogos dos bracarenses.

“Tivemos um jogo muito bem conseguido com o Leicester [3-3], depois tivemos uma vitória excelente contra o Farense [1-0] e demos uma resposta fantástica no jogo com o AEK. As pessoas não têm noção, porque na televisão não era visível, mas o relvado estava horrível. Eu estava um pouco apreensivo no dia anterior e isso tinha a ver com as condições do relvado, mas mesmo assim fizemos um futebol de alta qualidade, uma vitória brilhante e que foi excelente para Portugal”, disse.

O técnico felicitou ainda FC Porto e Benfica pelas passagens às fases seguintes da Liga dos Campeões e Liga Europa, respetivamente.

“Queria aproveitar para retribuir as felicitações pela passagem à fase seguinte por parte do Sérgio Conceição e dar os parabéns à estrutura do FC Porto, ao seu treinador e à sua equipa, assim como ao Benfica e ao Jorge Jesus por terem passado à fase seguinte e pelos pontos que se têm conquistado. Tanto nós como o FC Porto e o Benfica temos ajudado o ranking de Portugal e creio que todos estes três clubes estão de parabéns”, afirmou.

Sporting de Braga, segundo classificado, com 18 pontos, e Belenenses SAD, 12.º, com oito, defrontam-se a partir das 20:00 de domingo, no Estádio do Jamor, em Oeiras, jogo que será arbitrado por Hélder Malheiro, da associação de Lisboa.

Continuar a ler

Futebol

Moreirense e Gil Vicente empatam em jogo com autogolo do guarda-redes Denis

I Liga

em

Foto: Gil Vicente FC

O Moreirense e o Gil Vicente empataram hoje 1-1, em jogo da nona jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado em Moreira de Cónegos, com o guarda-redes da equipa de Barcelos a marcar um autogolo.

A jogar fora, o Gil Vicente adiantou-se no marcador aos 61 minutos, com um golo do defesa Rúben Fernandes, mas o Moreirense conseguiu chegar ao empate com um autogolo do guarda-redes Denis, aos 80.

O técnico César Peixoto somou o primeiro ponto no comando técnico do Moreirense ao terceiro jogo no campeonato, frente à equipa orientada por Ricardo Soares, anterior técnico dos ‘cónegos’.

Com este empate, o Moreirense, que vinha de três derrotas consecutivas, passa a somar nove pontos, no 11.º lugar do campeonato, os mesmos que o Gil Vicente, que é 10.º.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Moreirense – Gil Vicente, 1-1.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Rúben Fernandes, 61 minutos.

1-1, Denis, 80 (própria baliza).

Equipas:

– Moreirense: Mateus Pasinato, Anthony D’Alberto, Lazar Rosic, Fábio Pacheco, Steven Vitória, Afonso Figueiredo (Walterson, 67), Filipe Soares, Ibrahima Camará (Gonçalo Franco, 46), David Tavares (Yan, 67), André Luís (Derik Lacerda, 67) e Felipe Pires (Galego, 77).

(Suplentes: Miguel Oliveira, Nahuel Ferraresi, Yan, Alex Soares, Reynaldo, Galego, Derik Lacerda, Walterson e Gonçalo Franco).

Treinador: César Peixoto.

– Gil Vicente: Denis, Joel Pereira, Ygor Nogueira, Rodrigão, Rúben Fernandes, João Afonso, Claude Gonçalves (Vítor Carvalho, 89), Lucas Mineiro, Lourency, Renan Oliveira (Antoine Léautey, 53) e Samuel Lino (Miullen, 78).

(Suplentes: Daniel Fuzato, Miullen, Antoine Léautey, Kanya Fujimoto, Vítor Carvalho, Yves Baraye, Talocha, Henrique Gomes e Ahmed Isaiah).

Treinador: Ricardo Soares.

Árbitro: Miguel Nogueira (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Ibrahima Camará (14), Renan Oliveira (17), João Afonso (21), Anthony D’Alberto (54) e Lazar Rosic (56).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Continuar a ler

Futebol

Vitória vence Portimonense e ‘apanha’ FC Porto na tabela

I Liga

em

Imagem Sport TV

O Vitória SC subiu hoje provisoriamente ao quinto lugar da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Portimonense, por 1-0, em jogo da nona jornada.

O médio André André marcou aos 32 minutos o único golo da partida, que permitiu aos vimaranenses voltar a vencer em casa, após duas derrotas consecutivas.

Com este triunfo, o Vitória subiu ao quinto posto, com 16 pontos, os mesmos de FC Porto (quarto) e mais dois do que o Paços de Ferreira (sexto), que têm menos um jogo, enquanto o Portimonense, que apenas venceu um dos últimos seis jogos em todas as competições, está em zona perigosa, com sete pontos.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória SC – Portimonense, 1-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, André André, 32 minutos.

Equipas:

– Vitória SC: Bruno Varela, Sacko, Jorge Fernandes, Abdul Mumin, Sílvio, Pepelu, André André (Janvier, 86), André Almeida (Miguel Luís, 65), Marcus Edwards (Quaresma, 71), Rochinha (Maddox, 72) e Bruno Duarte (Noah Holm, 86).

(Suplentes: Matous Trmal, Suliman, Gideon Mensah, Miguel Luís, Janvier, Jacob Maddox, Quaresma, Lyle Foster e Noah Holm).

Treinador: João Henriques.

– Portimonense: Samuel, Moufi, Maurício, Lucas Possignolo, Koki Anzai, Pedro Sá (Ricardo Vaz Tê, 58), Dener, Anderson Oliveira (Willyan, 58), Júlio César (Beto, 73), Aylton Boa Morte (Welinton Jr., 85) e Fabrício (Luquinha, 85).

(Suplentes: Ricardo Ferreira, Willyan, Fali Candé, Rómulo, Luquinha, Welinton Jr., Safawi, Ricardo Vaz Tê e Beto).

Treinador: Paulo Sérgio.

Árbitro: António Nobre (Associação de Futebol de Leiria).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Sílvio (18), Abdul Mumin (27), Lucas Possignolo (29), Pedro Sá (43), Pepelu (66), Dener (69) e Quaresma (82), Janvier (90+4) e Maddox (90+4).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

(em atualização)

Continuar a ler

Populares