Seguir o O MINHO

Futebol

Benfica ganha ao Belenenses SAD e soma quinta vitória seguida na Liga

‘Águias’ venceram por 2-0

em

Foto: SL Benfica / Facebook

O Benfica somou hoje a quinta vitória consecutiva na I Liga portuguesa de futebol, ao bater em casa o Belenenses SAD por 2-0, e é líder isolado só com triunfos, ao fim de cinco jornadas disputadas.


Os ‘encarnados’, comandados por Jorge Jesus, continuam a apresentar-se a bom nível e são a única equipa do campeonato que venceu todos os jogos, correspondendo a liderança isolada, com 15 pontos, uma marca que se traduz no melhor arranque da equipa lisboeta na prova em 38 anos.

Hoje, no Estádio da Luz, o avançado suíço Haris Seferovic foi o escolhido para fazer companhia a Darwin Nuñez na frente de ataque, em detrimento do alemão Gian-Luca Waldschmidt, uma aposta ganha, visto que foi pela cabeça do helvético que apareceu o primeiro golo, logo aos seis minutos, após ser assistido pelo lateral-esquerdo Grimaldo.

Apesar dos ‘azuis’ terem mostrado vontade em chegar à igualdade em uma ou outra oportunidade para mexer com o marcador, as ‘águias’ souberam segurar a vantagem mínima e colocaram um ponto final nas esperanças forasteiras a 15 minutos do apito final, quando o uruguaio Darwin Nuñez, a passe de Waldschmidt, aproveitou bem a saída em falso do guarda-redes André Moreira para atirar para a baliza deserta.

Apesar de liderar o campeonato com cinco pontos de vantagem para FC Porto e Sporting, o Benfica pode ver o Sporting encurtar distâncias, caso triunfe na quarta-feira, na receção ao Gil Vicente, no encontro em atraso da primeira ronda.

Já o Belenenses SAD, que não vence há quatro jogos, é 15.º, com cinco.

Anúncio

Futebol

Portugal continua a fugir à Rússia no sexto lugar do ‘ranking’ da UEFA

Competições europeias de futebol

em

Foto: DR

Portugal voltou a fugir à Rússia e a reforçar o sexto lugar do ‘ranking’ da UEFA, após somar uma vitória e dois empates na quarta jornada da fase de grupos das competições europeias de futebol.

Após o 2-0 do FC Porto em Marselha, na quarta-feira, para a Liga dos Campeões, o Benfica (2-2 na casa do Rangers) e o Sporting de Braga (3-3 na receção ao Leicester) adicionaram hoje duas igualdades, na Liga Europa.

No total, as formações lusas somam sete vitórias, três empates e duas derrotas na fase de grupos, um registo muito superior ao dos russos, que, após quatro jornadas, ainda não conseguiram uma mísera vitória – oito derrotas e oito empates.

Para não variar, a quarta ronda foi negativa para os russos, com o Lokomotiv Moscovo (0-0 no reduto do Atlético Madrid) a somar o único ponto na ‘Champions’, já que Krasnodar (1-2 na receção ao Sevilha) e Zenit (1-3 na casa da Lazio) perderam.

Hoje, ao 16.º jogo na fase de grupos, o CSKA Moscovo jogou quase toda a segunda parte em superioridade numérica, mas não conseguiu melhor do que um ‘nulo’ na receção ao Feyenoord.

Com duas rondas por disputar na fase de grupos, o FC Porto está a um ponto dos ‘oitavos’ da ‘Champions’ e o Benfica e o Sporting de Braga a um triunfo dos 16 avos de final da Liga Europa, sendo que até perdendo todos os jogos devem seguir em frente.

O cenário dos russos é bem diferente, com Krasnodar e Zenit já ‘fora dos ‘oitavos’ e o Lokomotiv quase a seguir o mesmo caminho, com todos ainda na corrida à ‘descida’ à Liga Europa, prova da qual deve ser afastado o CSKA.

Em termos práticos, Portugal somou mais 0,8 pontos na ronda 4, passando de 43,549 para 44,349, enquanto os russos só acrescentaram 0,333, para um total de 37,882, começando a ficar com o sétimo posto em risco, já que a Holanda totaliza 35,800.

Os pontos que as equipas lusas somam (dois por vitória e um por empate) são divididos por cinco (0,4 por vitória e 0,2 por empate), enquanto os russos têm de dividir os seus por seis (0,333 por triunfo e 0,166 por igualdade).

Em 2021/22, Portugal já sabe que terá duas entradas diretas na ‘Champions’, mais uma na terceira pré-eliminatória, uma na Liga Europa e duas nas pré-eliminatórias da nova competição, a Liga Conferência Europa.

O campeão e o ‘vice’ da I Liga 2020/21 seguem para a fase de grupos da ‘Champions’ e o terceiro para a terceira pré-eliminatória, o vencedor da Taça de Portugal ruma à Liga Europa e o quarto e o quinto vão para a nova prova, entrando na terceira e segunda pré-eliminatórias, respetivamente.

Mantendo o sexto lugar no final da presente temporada, Portugal garante que este cenário se repetirá em 2022/23.

Continuar a ler

Futebol

Benfica empata na Escócia

Liga Europa

em

Foto: Twitter / Rangers FC

O Benfica empatou hoje a dois golos em casa do Rangers, na quarta jornada do Grupo D da Liga Europa de futebol, e ficou a uma vitória de seguir para os 16 avos de final.

Arfield (07 minutos) e Roofe (69) colocaram os escoceses a vencer por 2-0, mas Tavernier (78), na própria baliza, e Pizzi (81) permitiram aos ‘encarnados’ chegar ao empate.

Com este resultado, o Rangers e o Benfica seguem na liderança do Grupo D, com oito pontos, com mais cinco pontos do que o Lech Poznan e do que o Standard Liège, que venceu os polacos (2-1).

Continuar a ler

Futebol

“Fizemos um grande jogo diante de um adversário de elevadíssimo nível”

Carlos Carvalhal

em

Foto: SC Braga / NEXT

Declarações após o jogo da quarta jornada do grupo G da Liga Europa de futebol entre SC Braga e Leicester, que hoje decorreu em Braga (3-3).

Carlos Carvalhal (treinador do SC Braga): “Foi um grande jogo de futebol, um jogo espetacular, até parece que jogámos com uma equipa de um campeonato secundário, mas, até há uma semana, era o primeiro classificado do campeonato inglês.

Os nossos jogadores foram fantásticos na abordagem ao jogo, tínhamos a clara intenção de ganhar, fizemos uma primeira parte espetacular, fizemos nove remates, o Schmeichel fez defesas incríveis e o resultado ao intervalo podia ter sido outro, o que daria mais conforto.

Não me parece que tenhamos surpreendido o Leicester, estive a falar com o treinador deles, ele viu o nosso jogo com o Benfica e disse que já tinha gostado da nossa equipa em Inglaterra [há três semanas, na derrota por 4-0].

A segunda parte foi diferente, perdemos energia na frente, [sobretudo] o Ricardo Horta, que teve uma lesão prolongada, e o Iuri Medeiros também. Temos um plantel curto e com a lesão do Gaitán não temos capacidade para, nas substituições, refrescar e dar mais velocidade ao ataque.

O Leicester, com a entrada de jogadores frescos e de grande capacidade encostou-nos atrás, fizeram o 2-2, mas nós ainda tivemos força mental e física para o 3-2. Quando ninguém esperava, o adversário fez o 3-3.

O resultado ajusta-se pelo que foram os 90 minutos, fomos melhores na primeira parte e eles foram melhores na segunda. A minha satisfação não é pelo ponto conquistado, mas pelo grande jogo que fizemos diante de um adversário de elevadíssimo nível, jogámos olhos nos olhos e sem qualquer receio.

Não posso dizer que foi injusto, porque o adversário é de elevado nível, uma equipa muito poderosa, sempre boa [independentemente de quem jogue]. É uma satisfação grande ver a nossa equipa jogar a este nível e quem sabe se no próximo jogo não vamos ganhar no último minuto.

Parece um grupo fácil, mas as equipas são traiçoeiras, o Zorya tem fragilidades, mas também tem muitos pontos fortes, ganhou 3-0 ao AEK, o que não me surpreendeu. Temos o apuramento nas nossas mãos, melhor teria sido ganhar hoje, estava praticamente definido, mas temos dois jogos para o garantir”.

Brendan Rodgers (treinador do Leicester): “O SC Braga dominou a primeira parte, na qual nós estivemos muito lentos, mas, na segunda parte, acelerámos o ritmo e fomos melhores. Era importante não perder e merecemos o ponto. Estamos muito felizes por passar à próxima fase, mas a nossa ambição é vencer o grupo.

Sim, a entrada do Vardy e do Madison foi decisiva, definitivamente. São jogadores muito talentosos, mudámos a nossa estratégia e colocámo-los para dar outra dinâmica e eles fizeram a diferença.

O Braga e Leicester são as equipas mais fortes do grupo. Tenho acompanhado o Braga nas últimas épocas e, mesmo depois de perderem 4-0 em nossa casa, jogaram a seguir com o Benfica e ganharam. O Carlos Carvalhal é um treinador fantástico.

É a primeira vez que estou em Braga e quero dar os parabéns a todos por este magnífico estádio”.

Continuar a ler

Populares