Seguir o O MINHO

Região

Becri fecha fábricas em Barcelos, Esposende e Vila Verde após infetados nas chefias

Covid-19

em

Foto: Divulgação

O grupo têxtil Becri, com sede no parque industrial de Alvelos, em Barcelos, anunciou o encerramento das unidades de produção em Barcelos, Esposende e Vila Verde, depois de orientações das autoridades de saúde.


A empresa já tinha perdido para quarentena quase todos os quadros de chefia depois de um elemento próximo da administração ter acusado positivo num teste à Covid-19, disse um dos administradores a O MINHO.

De acordo com Américo Alves, um dos quatro administradores, foi registado um caso de Covid-19 por entre os quadros da empresa, o que levou a que cerca de 30 pessoas fossem colocadas em quarentena obrigatória, todas elas ligadas a funções de chefia.

O Grupo Becri, com um volume de negócios superior a 45 milhões de euros, emprega mais de 400 trabalhadores diretos, divididos por empresas em Barcelos, Vila Verde e Esposende, mas abarca um universo de 2 mil pessoas, se se considerarem também os trabalhadores indiretos.

Anúncio

Braga

Centenas contra o racismo em Braga (com máscara mas sem grande distanciamento social)

FOTOGALERIA

em

Fotos: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O protesto solidário pela morte do norte-americano George Floyd, ocorrido no passado dia 25 de maio, às mãos de um agente de polícia, decorreu este sábado na Avenida Central, no centro de Braga, à semelhança das restantes maiores cidades do país.


Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Com testemunhos de vítimas de racismo e preconceito, dezenas de cartazes com mensagens e gritos de protesto, a manifestação juntou cerca de 200 pessoas, todas com máscara, mas sem grandes regras de distanciamento social, apesar do esforço da organização.

Continuar a ler

Barcelos

Motociclista de 25 anos residente em Braga ferido após acidente em Barcelos

Em Ucha

em

Foto: Vítor Vasconcelos / O MiNHO

Um jovem de 25 anos sofreu ferimentos na sequência de uma colisão na Estrada Nacional 205, que liga Barcelos à Vila de Prado, na tarde deste sábado. A vítima é residente em Palmeira, concelho de Braga.


Ao que apurou O MINHO no local, o jovem seguia numa mota quando terá colidido com uma viatura ligeira, na freguesia de Ucha, acabando por ser projetado. Há suspeitas de ter fraturado a perna e as costelas.

Foto: Vítor Vasconcelos / O MINHO

Após primeira assistência de populares, o jovem recebeu tratamento pré-hospitalar por parte dos Bombeiros de Barcelos.

Foi transportado para o Hospital local pela mesma corporação, sendo considerado um ferido ligeiro, embora vá ainda ser avaliado pelos serviços hospitalares, face às fraturas que sofreu, podendo ser transferido para o hospital de Braga.

O destacamento de trânsito da GNR registou a ocorrência.

O alerta foi dado cerca das 18:30.

Continuar a ler

Região

Número de infetados no Minho regista a maior subida dos últimos 30 dias

Boletim diário da DGS por concelho

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-geral da Saúde deste sábado, o Minho tem um total de 4.025 casos confirmados, mais 64 do que na véspera.


Para verificar uma subida maior do que a de hoje, é preciso recuar ao dia 08 de maio, quando se registaram 150 novos casos. Para encontrar outra subida mais acentuada, é preciso recuar ao dia 01 de maio, onde se registaram 77 casos.

O concelho de Braga regista mais 23 novos casos, passando para 1.256. Guimarães regista mais cinco (725), Famalicão mais quatro (404) e Barcelos mais três (307). No total, o quadrilátero urbano regista mais 35 casos do que na véspera.

Os números correspondem aos dados recolhidos até as 24:00 de ontem e comportam os dados incluídos na plataforma médica SINAVE, não incluindo resultados laboratoriais.

Vila Verde regista mais quatro casos (237) e Esposende mais três (50).

Vizela regista mais um caso (149), assim como Fafe (125) e Póvoa de Lanhoso (62).

Amares mantém (78), assim como Vieira do Minho (44), Celorico de Basto (23), Cabeceiras de Basto (18) e Terras de Bouro (10).

Alto Minho

No Alto Minho, Viana do Castelo regista mais cinco casos (192), Ponte de Lima mais quatro (35), Valença mais três (15), Monção mais dois (118) e Caminha mais dois (21).

Arcos de Valdevez mais um (74), assim como Melgaço (64) e Ponte da Barca (7).

Cerveira (9) e Paredes de Coura (7) mantém os números.

O distrito de Braga tem 3.483 casos confirmados, mais 45, e o de Viana do Castelo 532, mais 19.

Nota de redação: Embora no mapa do relatório haja a indicação de um aumento de apenas 21 casos na região Norte, no mapa dos casos discriminados por concelho – a mesma fonte – registam-se 61 novos casos no Minho. O jornal O MINHO é alheio a essa falta de consistência do relatório.

(noticia atualizada com correção do número total de casos no Minho de 59 para 64)

Continuar a ler

Populares