Seguir o O MINHO

Desporto

Batida melhor marca mundial nos 10.000 metros femininos na Maia

Atletismo

em

A etíope Gudaf Tsegay estabeleceu hoje, na Maia, a melhor marca mundial do ano nos 10.000 metros e a quinta melhor de todos os tempos, vencendo a prova do ‘meeting’ de atletismo Fernanda Ribeiro em 29.39,42 minutos.

Tsegay terminou a prova em verdadeiro ‘contrarrelógio’, sem oposição, para uma das melhores marcas de sempre obtidas em pistas portuguesas e que lhe dá confortável liderança do ‘ranking’ mundial.

A marca coloca-a como quinta melhor na lista de todos os tempos na dupla légua.

A segunda na corrida da Maia passa a ser a segunda mundial do ano – Kalkidan Gezahegne, do Bahrein, terminou em 29.50,77.

Em terceiro concluiu a ugandesa Doreen Chesang, com 32.09,02, e em quarto a portuguesa Emília Pisoeiro, com 33.58,05.

Populares