Seguir o O MINHO

Braga

Barcelos e Guimarães são quem mais vai receber do Governo no distrito de Braga

Orçamento do Estado para 2021

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

As câmaras de Barcelos e de Guimarães são as que mais dinheiro vão receber proveniente do Orçamento de Estado (OE) para 2021, em todo o distrito de Braga.

Em documento do OE consultado por O MINHO, é possível ver que tanto uma autarquia como a outra vão encaixar cerca de 32 milhões de euros provenientes da transferência do Governo. Seguem-se Famalicão (26,4 milhões), Braga (25,7 milhões), Vila Verde (16,9 milhões) e Fafe (16,5 milhões).

Por outro lado, as autarquias do distrito de Braga que menos recebem são: Vizela (6,4 milhões), Terras de Bouro (7 milhões) e Vieira do Minho (8,5 milhões).

No total, as 14 autarquias do distrito recebem cerca de 217,6 milhões (217.680.702,00).

Em 2021, o Governo vai transferir para as autarquias cerca de 3,1 mil milhões, mais 200 milhões do que no ano em curso.

Lista de transferências do Estado para 2021 por concelho no distrito de Braga

Amares – 7.477.515,00

Barcelos – 32.742.264,00

Braga – 25.763.570,00

Cabeceiras de Basto – 9.080.476,00

Celorico de Basto – 10.075.442,00

Esposende – 8.667.536,00

Fafe – 16.580.831,00

Guimarães – 32.664.308,00

Póvoa de Lanhoso – 9.192.833,00

Terras de Bouro – 7.036.440,00

Vieira do Minho – 8.543.535,00

Famalicão – 26.492.436,00

Vila Verde – 16.932.998,00

Vizela – 6.430.518,00

Populares