Seguir o O MINHO

Barcelos

Barcelos com dez novos postos de carregamento de veículos elétricos

Energia

em

Foto: DR / Arquivo

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou hoje, em reunião do executivo, a localização de dez postos de carregamento de veículos elétricos, a situar no perímetro urbano do concelho.

Em comunicado, a autarquia indica que esta é “uma medida inserida nos objetivos de redução da emissão dos gases com efeito de estufa e descarbonização do centro urbano, que inclui a disponibilização de carregamentos rápidos ou semi-rápidos, visando não só criar oferta para satisfazer a procura já existente, mas também promover a aquisição deste tipo de veículos, determinando, assim, a expansão da rede de mobilidade elétrica da região”.

Os postos serão instalados em áreas de domínio público, tituladas pela Câmara Municipal que atribuirá licenças aos operadores privados que ficam responsáveis pelas obras de instalação, contratação com os comercializadores de eletricidade e manutenção dos equipamentos.

A localização será dentro de perímetro urbano, sendo que cada posto ocupará dois lugares de estacionamento exclusivos para carregamento de veículos elétricos, nos seguintes locais: Barcelinhos poente (junto à Escola Rosa Ramalho); Barcelinhos centro (Largo Guilherme Gomes Fernandes); Tribunal (Rua Dr. José António P. P. Machado); Campo da Feira (Av. Dr. Sidónio Pais – sentido poente / nascente); Campo da Feira (Av. Dr. Sidónio Pais – sentido nascente / poente); Praça de Pontevedra; Av. Combatentes Grande Guerra (junto à saída do Hospital); Estação comboios (Rua Estrada da Estação); Praceta Correio Mor (Junto à sede da Freguesia de Arcozelo).

Anúncio

Barcelos

Lar em Barcelos vai ser desinfetado para permitir regresso dos utentes

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

As instalações do Centro de Apoio e Solidariedade da Pousa (CASP), em Barcelos, vão ser hoje desinfetadas, após o que ficarão prontas para voltar a acolher os utentes, anunciou hoje o município.

Em comunicado, a Câmara de Barcelos acrescenta que a Segurança Social vai complementar o quadro de funcionários da instituição, “uma vez que a maior parte está de quarentena”, devido a um surto de covid-19.

A instituição regista 10 infetados, entre cinco idosos e cinco funcionárias.

Os cinco idosos estão no hospital e os restantes 18 utentes foram hoje transferidos para o seminário da Silva, no concelho.

Os funcionários estão em casa.

Na segunda-feira, todos os utentes e funcionários do lar fizeram o teste de despistagem da covid-19.

Hoje serão desinfetadas todas as instalações do Centro Social, que ficarão prontas a voltar a acolher todos os utentes, logo que sejam conhecidos os resultados.

A Câmara sublinha que os utentes infetados também poderão voltar ao Centro Social, mas isolados numa ala previamente preparada para o efeito, de acordo com as orientações das autoridades de saúde.

“A situação está, por isso, contida”, refere ainda o município.

No domingo, o presidente da direção do CASP, Joaquim Pereira, em declarações à Lusa, apelou à transferência urgente dos restantes utentes por não ter condições de funcionamento.

Segundo o responsável, na altura já estavam contabilizados cinco idosos e quatro funcionárias infetados com covid-19.

Das 31 funcionárias que a instituição possui, e ainda segundo Joaquim Pereira só “menos de meia dúzia” estava ao serviço.

Das restantes, quatro estão em casa após terem testado positivo para a covid-19 e as outras ou apresentam sintomas da doença, ou estão em quarentena, incluindo as duas enfermeiras da instituição.

Portugal regista hoje 160 mortes associadas à covid-19, mais 20 do que na segunda-feira, e 7.443 infetados (mais 1.035), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O relatório da situação epidemiológica em Portugal, com dados atualizados até às 24:00 de segunda-feira, indica que a região Norte é a que regista o maior número de mortes (83), seguida da região Centro (40), da região de Lisboa e Vale do Tejo (35) e do Algarve, que hoje regista dois mortos.

De acordo com dados da DGS, há 7.443 casos confirmados, mais 1.035 (um aumento de 16,1%) face a segunda-feira.

Continuar a ler

Barcelos

Lar de Barcelos evacuado

Covid-19

em

Foto: Vítor Vasconcelos / O MINHO

Quatro dos cinco utentes do Centro de Apoio e Solidariedade da Pousa (CASP), em Barcelos, infetados com Covid-19, foram esta madrugada transportados pela Cruz Vermelha de Aldreu (Barcelos ) e pela Cruz Vermelha da Maia para o Hospital de Barcelos.

Um outro utente, em condições mais graves, foi transportado para o Hospital de Braga, apurou O MINHO no local.

Foto: Vítor Vasconcelos / O MINHO

Eram 19:30 quando o primeiro infetado foi transportado pelos Bombeiros de Barcelinhos para o Hospital de Barcelos. Depois, acabou por ser reencaminhado para o Hospital de Braga.

Os restantes utentes, depois de uma longa espera pelos serviços da Cruz Vermelha, foram transportados cerca das 02:00 desta madrugada, para o Hospital de Barcelos.

Os restantes 19 utentes que não acusaram positivo para a infeção do novo coronavírus devem ser transportados para o seminário de Silva, também em Barcelos, ao longo do dia de hoje.

Foto: Vítor Vasconcelos / O MINHO

Esta movimentação deve-se à falta de funcionários no CASP. Segundo Miguel Costa Gomes, autarca de Barcelos, o CASP “não tem condições internas”, tanto a nível de instalações como de pessoal, para garantir o necessário isolamento, separando os infetados dos não infetados.

“Vamos retirar do lar os que não estão infetados e colocá-los uma unidade de saúde privada”, tinha dito Costa Gomes na segunda-feira.

No domingo, o presidente da direção do CASP, Joaquim Pereira, disse à Lusa que já estavam contabilizados cinco idosos e quatro funcionárias infetados com covid-19.

Os cinco utentes que testaram positivo estiveram em isolamento na instituição. Os restantes 19 utentes mantinham-se assintomáticos.

Das 31 funcionárias que a instituição possui, e ainda segundo Joaquim Pereira, só “menos de meia dúzia” estava ao serviço.

Das restantes, quatro estão em casa após terem testado positivo para a covid-19 e as outras ou apresentam sintomas da doença, ou estão em quarentena, incluindo as duas enfermeiras da instituição.

Ontem foram feitos testes a todos os utentes e funcionários, para apurar o real ponto da situação.

Segundo o presidente da câmara, o caso da Pousa é, em termos de instituições, o “mais difícil” no concelho, uma vez que evoluiu “de uma forma muito rápida”. De resto, acrescentou o autarca, está “tudo sereno”.

No concelho, há 650 utentes em lares, contando-se ainda 646 em centros de dia e 444 que têm apoio domiciliário.

Continuar a ler

Barcelos

Jovem partiu tudo na casa do pai e agrediu polícia em Barcelos

Crime

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

A PSP anunciou hoje a detenção, no sábado, de um homem de 23 anos por injúrias, ameaças e agressão a agentes policiais em Barcelos.

Em comunicado, a PSP refere que o suspeito estava a causar danos no interior da casa do pai e encontrava-se “bastante alterado” e com escoriações no braço e cortes em ambas as mãos.

Ao aperceber-se que os meios de emergência médica estavam a chegar ao local, o suspeito “começou a injuriar e ameaçar os agentes, tendo ainda agredido um dos elementos policiais com um pontapé na perna”.

“No decorrer de toda a ação policial, o detido manteve sempre uma atitude agressiva, não cooperante e de permanente afronta com os elementos policiais”, acrescenta.

Continuar a ler

Populares