Seguir o O MINHO

Barcelos

Barcelos: Bordado de crivo de S. Miguel da Carreira mais perto da certificação

Depois do figurado e da olaria, esta será a terceira produção artesanal de Barcelos a conseguir a certificação

em

Foto: Feira de Barcelos

O processo de certificação do bordado de crivo de S. Miguel da Carreira, em Barcelos, “vai entrar na etapa final”, com as visitas técnicas às unidades de produção para verificar o cumprimento do caderno de especificações, anunciou hoje o município.

Em comunicado, a Câmara de Barcelos acrescenta que aquele bordado já está inscrito, desde junho de 2018, no Registo Nacional de Produções Certificadas, após a aprovação do respetivo caderno de especificações.

Depois do figurado e da olaria, esta será a terceira produção artesanal de Barcelos a conseguir a certificação.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Barcelos

Barcelos: Mãe obrigou filha de 13 anos a prostituir-se por 20 euros para comprar álcool

Caso foi denunciado por familiares

em

Foto: Ilustrativa / DR

Uma mulher, com 45 anos foi condenada, por lenocínio de menores, depois de ter obrigado a filha de 13 anos a práticas sexuais com o irmão do próprio namorado. Tudo a troco de 20 euros, segundo noticia o Jornal de Notícias de hoje.

O Tribunal de Braga condenou a mulher a quatro anos de prisão e o homem a três anos e quatro meses por abuso sexual. Ficaram ainda obrigados a pagar 15 mil euros de indemnização à menor e estão inibidos de exercer os direitos de parentalidade durante cinco anos.

Segundo o mesmo jornal, o caso remonta ao Verão de 2017, quando a mulher ia, aos fins-de- semana, à casa do namorado em Barcelos onde vivia, também, o irmão de 50 anos. Os dois combinaram que, a troco de 20 euros, “poderia fazer o que quisesse, incluindo cópula”, refere ainda o JN.

A mãe explicou à filha o que tinha combinado acrescentando que “o fazia porque precisava do dinheiro para a alimentar, bem como a outra irmã, mais pequena”.

Segundo os factos apurados em tribunal, o arguido tentou mas a criança não o consentiu. A cena repetiu-se, por diversas vezes, em Julho e Agosto. Em tribunal ficou provado que foram 10 tentativas.

A menor terá tentado junto da mãe acabado com aquilo mas a progenitora não aceitou o pedido, tendo-lhe, inclusive, retirado o telemóvel.

Denunciado por familiares

Segundo o JN, o caso acabou por ser descoberto por familiares, nomeadamente, por uma tia da vítima que o denunciou.

Em tribunal, a mulher contou que a irmã ia, todos os dias ao café, gastar os 20 euros que o agressor sexual lhe dava, em álcool. Segundo os autos, a própria mãe cobrava favores sexuais em troco de dinheiro.

Conscientes do crime

O trio de juízes considerou que “a mãe e o homem estavam cientes do  crime que cometiam, e do ascendente que ela tinha sobre a rapariga”.

A jovem, agora com 15 anos, ficou – e ainda está – traumatizada pelo  crime e começou a ser acompanhada por uma psicóloga da Cruz Vermelha  Portuguesa. Actualmente é tratada num Gabinete Terapêutico, por especialistas em casos análogos.

Ao que O MINHO apurou, a mulher é natural de Póvoa de Varzim, mas reside na Trofa.

Continuar a ler

Barcelos

Europeias: Feira de Barcelos é uma “espécie de talismã” para Nuno Melo

Eleições Europeias realizam-se no próximo domingo

em

Foto: Twitter

Nuno Melo e os candidatos do CDS-PP passearam hoje na feira de Barcelos, ouviu algumas promessas de voto nas eleições de domingo e relativizou as sondagens que põem os centristas abaixo do BE e do PCP.

Na feira que disse ser uma “espécie de talismã” para si e para o CDS, Nuno Melo ouviu mais “casos de vida difíceis”, como lhes chama, de pessoas que se dedicam à “pequena agricultura”, como atividade de subsistência, e se queixam por serem “vergastadas pelo fisco”.

Foi a deixa usada para o eurodeputado e recandidato do CDS levantar a questão do atraso, segundo disse, da publicação dos dados de execução orçamental pelo Governo, que acusou de esconder esses números para não prejudicar o PS nas eleições europeias do próximo domingo.

De banca em banca, Melo foi distribuindo panfletos e canetas, beijos, abraços e recebeu algumas promessas, incluindo uma idosa que disse que o CDS é o seu partido “há 50 anos”.

Atrás ou ao lado, Pedro Mota Soares, que uma mulher identificou como alguém que é muito parecido com “um senhor que aparece na televisão”, ia pedindo “força” para o CDS nas eleições.

“Olhe que é já no domingo, não se esqueça”, repetiu um par de vezes.

E Nuno Melo também ouviu a promessa de uma mulher de “rezar por si”, ao que o candidato agradeceu: “Reze, reze.” Uma promessa, aliás, repetida a Pedro Mota Soares.

Num dia em que teve simpatia e pouca animosidade por onde passava, Nuno Melo deu sinais de não ter gostado da sondagem da TSF, que continua a colocar o CDS, com 6,7%, abaixo do BE e do PCP, dados que contrariam o que anda a defender desde meio do período oficial de campanha eleitoral.

O cabeça de lista dos centristas quer evitar o comentário às sondagens que umas vezes colocam o CDS à frente do PCP e têm margens de erro de 4%, concluindo que o partido poderia chegar quase aos 11%.

Melo diz recusar-se a “comentar sondagens que dão uns dias 12% ao BE e outras que dão 6%”, afirmando que estes estudo, “em relação ao CDS falham-se sempre, como aconteceu nas europeias de 2009.

“Não é normal, não é científico. Espero pelas urnas”, afirmou.

E à quarta pergunta dos jornalistas sobre as sondagens e se os as intenções de voto revelavam uma tendência, remeteu os seus comentários para a noite eleitoral.

O dia de campanha do CDS é passado hoje nos distritos de Braga e do Porto, terminando com um jantar em que também discursará a presidente do partido, Assunção Cristas.

Continuar a ler

Barcelos

Equipa do IPCA vence concurso das áreas de economia e gestão

Tax Tank da PwC

em

Foto: Divulgação

A equipa IPCA Fiscal Team, formada por quatro estudantes do curso de Licenciatura em Fiscalidade da Escola Superior de Gestão venceram o concurso Tax Tank da PwC.

O concurso tem por objetivo divulgar e dinamizar a área da fiscalidade, premiando os estudantes do ensino superior das áreas de Economia e Gestão, ou similares, que venham a demonstrar uma maior competência na análise fiscal de uma empresa.

O concurso baseia-se no apuramento do resultado contabilístico da referida empresa antes e depois de impostos e na análise de algumas questões tributárias específicas relativas a operações concretas da empresa, assim como na preparação de um relatório de conclusões e a sua posterior apresentação mediante um painel de jurados.

Cada elemento da equipa, Carlinda Sousa, Daniela Ferreira, Márcio Martins e Rui Gomes, vai agora fazer um estágio com a duração de três meses, numa Unidade de Negócio do Departamento de Tax da PwC a realizar em período a acordar entre a PwC e cada elemento, e com o montante de 500 euros no pagamento de propina ou inscrição em formação na área da Fiscalidade à escolha do elemento.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Patrocinado

Reportagens da Semana

Populares