Seguir o O MINHO

Guerra na Ucrânia

Autoridades ucranianas convidam Papa a visitar Bucha

Guerra

em

Foto: DR / Arquivo

O representante da Ucrânia no Vaticano, Andrii Yurash, disse hoje que a Ucrânia vai convidar o Papa para visitar Bucha, cidade perto de Kiev, para que veja as evidências dos alegados crimes de guerra da Rússia na Ucrânia.

Yurash declarou, numa entrevista à agência de notícias ANSA, que uma visita papal ainda está a ser negociada.

O representante ucraniano declarou que Kiev espera que Francisco viaje até “onde estão as vítimas inocentes, massacradas pelo Exército russo em Bucha, a apenas 15 quilómetros de Kiev, onde cerca de 1.400 vítimas foram encontradas” mortas.

Andrii Yurash declarou que “o lado ucraniano certamente proporá que Papa viaje até “Bucha para observar por si mesmo as evidências de crimes de guerra”.

A Rússia, que invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro, nega que tenham ocorrido crimes de guerra naquele país e alega que as cenas de civis mortos foram encenadas pelas autoridades ucranianas.

Yurash afirmou que Kiev gostaria que Francisco rezasse nos túmulos das vítimas inocentes destas alegadas atrocidades russas.

EM FOCO

Populares