Seguir o O MINHO

Ave

Automotora de 1948 voltou a percorrer linha férrea em Cabeceiras de Basto

Arco de Baúlhe

em

Foto: CM Cabeceiras de Basto

Uma automotora de 1948 voltou a percorrer um pequeno troço da ferrovia em Arco de Baúlhe, esta quarta-feira, no concelho de Cabeceiras de Basto, de forma a assinalar o Dia Internacional dos Museus.

Na iniciativa dinamizada pelo Museu de Terras de Basto, no Núcleo Ferroviário do Arco de Baúlhe, participaram crianças de uma turma da Escola de Silvares, de Fafe, e de uma turma do curso de formação na área de vendas da Escola Mútua de Basto/Norte.

Em comunicado, a Câmara de Cabeceiras de Basto adianta que a automotora ME5 “percorreu um curto trajeto da linha da antiga estação ferroviária do Arco de Baúlhe”.

Construída em 1948 nas Oficinas Gerais de Santa Apolónia, a automotora ME5, que é movida a gasolina, “proporcionou a todos os presentes uma experiência única e muito divertida que não deixou ninguém indiferente”, salienta a nota.

A autarquia salienta ainda que esta automotora, considerada a “A velha glória da ME5”, a par das carruagens reais e de outras máquinas a vapor, integra o espólio do Núcleo Ferroviário do Arco de Baúlhe do Museu das Terras de Basto, um museu polinucleado que integra também a Casa da Lã em Bucos e o Núcleo de Arte Sacra na Igreja do Mosteiro de S. Miguel de Refojos.

Populares