Seguir o O MINHO

Cávado

Autocarros do Cávado avançam em janeiro com 92 carreiras diárias

Amares, Braga, Barcelos, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde

em

Foto: DR

O Conselho da Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM Cávado), aprovou, ontem, a operação da futura rede de transporte público de passageiros que entrará em vigor no território no dia 1 de janeiro de 2023 e que conta com 92 carreiras de transporte público.

O secretário-executivo da CIM, Rafael Amorim adiantou a O MINHO que a decisão é o culminar de um processo iniciado em 2020, com o lançamento do Concurso de Concessão de Serviço de Transporte Público de Passageiros no Cávado: “A nova concessão de passageiros com uma produção anual próxima dos cinco milhões de quilómetros, estará em operação até dezembro de 2027”.

O gestor diz que a CIM Cávado, em articulação com a Autoridade Intermunicipal de Transportes do Cávado (AITC), espera, assim, “promover e proporcionar ao grande público o transporte público numa maior área do território, estimulando e aumentando o uso do transporte público na região, oferecendo por isso, um serviço mais abrangente, cómodo e sustentável”.

Para tal, “serão implementados novos sistemas de bilhética, interoperável com os sistemas dos Transportes Municipais de Barcelos, estando neste momento em curso trabalhos para alargar essa interoperabilidade a outros territórios contíguos”.

Salienta que, “todos os veículos da nova concessão estão identificados com uma imagem comum – Cávado Mobilidade – e as suas idades médias e máximas não poderão ultrapassar os 15 e 18 anos respetivamente, num claro melhoramento da frota ao serviço das populações”.

Novos descontos

Serão ainda criados – assinala – “novos descontos tarifários, que serão a partir de 50% de desconto nos passes sociais, podendo ainda ser superiores em determinados municípios, a acrescer à gratuitidade dos transportes escolares em todos os ciclos de ensino”.

No próximo dia 30 de dezembro, realizar-se-á nas instalações da CIM Cávado, um evento de apresentação dos novos serviços à comunidade e aos meios de comunicação social. O evento irá contar com a presença dos presidentes das Câmaras Municipais de Amares, Barcelos, Braga, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde, bem como dos operadores. No final da apresentação será realizada uma viagem inaugural pelo território. Sobre a CIM Cávado: A Comunidade Intermunicipal do Cávado constitui a NUT III do Cávado, e engloba os concelhos de Amares, Braga, Barcelos, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde.

A NUT é estruturada pela bacia do Rio Cávado e desenvolve-se no sentido Sudoeste e Nordeste, confinando com o mar e com Espanha. É um território heterogéneo, integrando concelhos muito rurais junto ao mar, até concelhos muito rurais de montanha junto à fronteira, passando por concelhos muito urbanos e densos. Esta associação prende os seus interesses sobretudo no desenvolvimento territorial da região do Vale do Cávado.

Populares