Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Augusto Canário passa o ano com “rabanadas de vinho e sopas de ‘cavalo cansado'”

Tradição

em

Foto: Facebook de Augusto Canário

O famoso cantor e instrumentista vianense, Augusto Canário, decidiu celebrar o Ano Novo de forma diferente: Na cozinha. E o prato não podia ser menos típico: rabanadas de vinho e sopas de ‘cavalo cansado’.

Através das redes sociais, o músico que habitualmente ‘equipa’ de amarelo, mostra-se de avental vermelho, algo que provocou algumas reações menos positivas nos comentários.

Foto: Reprodução / Facebook de Augusto Canário

Foto: Reprodução / Facebook de Augusto Canário

Escreve Canário que, aos 60 anos, estas foram as primeiras rabanadas de vinho e sopas de ‘cavalo cansado’ que confecionou, com ajuda da esposa.

Num vídeo partilhado à posteriori, o intérprete de desgarradas minimizou o avental e enalteceu os ensinamentos da esposa.

“Estou aqui numa função raríssima. Aproveita-se o vinho que sobra e faz-se umas sopas de burro cansado. Um bocadinho de mel português, canela, açúcar qb e vai dar aqui umas…”, dizia o músico até que o vídeo acabou por ser interrompido, sem direito a sequela, pelo menos nas últimas horas. Assim, ficou o segredo em família.

“Quanto ao emblema [do avental], podia ser de outra cor, mas eu sou vermelho porque também é a cor do vinho”, disse.

Foto: Reprodução / Facebook de Augusto Canário

Augusto Oliveira Gonçalves, de seu nome, conta com três décadas de ligação à música tradicional/popular, através da participação em vários grupos e projetos musicais.

De acordo com a biografia disponibilizada pela editora Espacial, “é um dos mentores e um dos principais dinamizadores da recuperação da concertina, enquanto instrumento popular na música de cariz tradicional, especialmente na região Norte do país”.

Populares