Redes Sociais

Assunção Cristas montou Lusitano em Ponte de Lima

Alto Minho

Assunção Cristas montou Lusitano em Ponte de Lima

A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, montou, em Ponte de Lima, pela primeira vez em 20 anos, um cavalo Lusitano para realçar o potencial e a importância da espécie, reconhecendo-a como um dos produtos de excelência do país.

“Correu bem no passo e no trote, correu mal na passagem a galope. Não montando há 20 anos, o que isto quer dizer é que é preciso treinar muito para se poder fazer alguma coisa melhorar”, afirmou Assunção Cristas depois de ter montado o “Tufo”, um puro-sangue Lusitano de três anos na abertura IX Feira do Cavalo de Ponte de Lima.

A ministra da Agricultura e do Mar afirmou que se trata de “um sinal do compromisso com o cavalo, um sinal da importância que é preciso dar ao Lusitano”.

“É um dos produtos de excelência da produção animal que pode fazer brilhar Portugal no mundo, mais do que já brilha”, sustentou.

Assunção Cristas adiantou que o setor “está a trabalhar muito, cada vez mais virado para a exportação, para a valorização do cavalo para os diferentes usos”.

A polivalência do cavalo Lusitano e do investimento nas diferentes fileiras a ele associadas estão, segundo a governante, “bem visíveis em Ponte de Lima”, numa feira com “dimensão não só nacional, mas cada vez mais internacional.

A ministra realçou “toda a dinâmica” já criada em torno do cavalo, como o vestuário, apontando como exemplo a roupa inovadora que envergou para montar em Ponte de Lima com “aromoterapia para acalmar o cavalo”.

Questionada pelos jornalistas, Assunção Cristas disse ainda que a aposta no turismo equestre em Ponte de Lima “vai ao encontro da estratégia nacional que o Governo está a traçar”, com o apoio Associação do Turismo Equestre.

“Temos fundos comunitários para apoiar [mas] precisamos que todos se mobilizem”, afirmou.

A IX Feira do Cavalo decorre até domingo, em Ponte de Lima, município que assume uma aposta crescente nas atividades equestres, tendo inaugurado recentemente o Espaço para a Equitação Espontânea.

O evento, que conta com coudelarias nacionais e criadores de Espanha, Bélgica, França e Inglaterra, mantém uma forte incidência na vertente desportiva e do cartaz fazem parte as Olimpíadas de Equitação Adaptada, a taça de Portugal de ‘dressage’, um campeonato de horseball e o tradicional desfile de coudelarias.

Além das atividades equestres – que, segundo o município, integram o concelho no circuito mundial -, o programa inclui animação musical.

A reportagem da SIC na Feira do Cavalo de Ponte de Lima.

Posted by Assunção Cristas on Sexta-feira, 26 de Junho de 2015

Notícia SIC

Fotografias: Grupo ES Comunicacion Galícia

Clique para comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Alto Minho