Seguir o O MINHO

Região

Associação empresarial apoia criação de adega comum ao Vale do Homem

em

Foto: DR

A AEVH – Associação Empresarial do Vale do Homem apoia o projeto de criação de uma adega comum aos Municípios de Amares, Vila Verde e Terras de Bouro que “seja capaz de aumentar a qualidade do vinho verde e obter maior rentabilidade para os produtores”.

Uma ideia que surgiu esta manhã, em Amares, na visita a uma unidade de produção vinícola de referência, no âmbito do périplo que o organismo está a promover pelos três municípios dedicado ao turismo e produtos do território.
“Em breve, vamos promover uma reunião conjunta com as Câmaras Municipais do Vale do Homem e com a ATAHCA de forma a iniciar o processo tendente à criação de uma adega comum aos três concelhos”, anunciou Jorge Pereira.

Segundo o presidente do Conselho de Administração da AEVH, essa adega comum visa promover a união dos produtore», apostando na valorização dos vinhos entre Cávado e Homem, através da constituição de equipas técnicas com enólogos e especialistas na área da viticultura.

“O Vale do Homem produz anualmente três milhões de litros de vinho. Queremos, acima de tudo, produzir com mais qualidade e rentabilizar custos”, explicou.

Jorge Pereira considera também importante “uma aposta mais incisiva em produtos diferenciadores”, como o espumante e o rosé, assim como na valorização da casta loureiro, “que nesta zona tem grande qualidade”.

Uma comitiva da Associação Empresarial passou hoje por várias empresas de Amares que operam no setor turístico. Além da Casa Lata, em Carrazedo, onde é produzido o vinho “Terras de Amares”, passou ainda pelo Hotel da Bela Vista em Caldelas e pela vila de Bouro.

“Relativamente ao alojamento local, percebemos a necessidade de formação e qualificação profissional e também de uma maior promoção destes territórios, porque nota-se uma perda para as regiões mais urbanas», considera o líder da AEVH.

Vila Verde será a próxima etapa. Ocorre a 04 de Julho.

Populares